EM JUNHO

Alagoana participa de campeonato de Judô e precisa de ajuda para custear participação

Abigail Clemente, 22, foi convocada para compor equipe alagoana; competição acontece em junho

POR: 7 Segundos
Cortesia/Arquivo Pessoal

Uma jovem e um sonho. Com muita luta e determinação, a alagoana Abigail Clemente de Oliveira, 22, conseguiu realizar o desejo de ser convocada para compor a equipe alagoana no Campeonato Brasileiro de Judô. A competição nacional acontece nos dias 17 e 18 de junho, no Colégio Montessori, na Gruta de Lourdes, em Maceió.

Agora, ela precisa de ajuda financeira para custear a participação em nível nacional. É que ela precisa desembolsar uma quantia de R$200 reais, que inclui a inscrição para o evento e a alimentação. Qualquer ajuda, segundo ela, é “bem-vinda”.

Cortesia/Arquivo PessoalA seleção da atleta se deu por meio de uma seletiva, realizada no último sábado (04). Praticante do esporte há mais de dois anos, a faixa verde se vê, agora, diante de um dos maiores desafios de sua vida. “Sempre tive vontade de ser esportista. Desde jovem. Sempre estive envolvida com a prática de esportes de uma maneira geral. Já pratiquei dança e musculação também. Mas, ao conhecer o universo das artes marciais, me identifiquei, me apaixonei”, conta. 

Abigail, atualmente, está na categoria Sênior e competirá no chamado “peso médio-médio”, que compreende atletas de 55 kg a 73 kg. Para alcançar a excelência na competição, a rotina da atleta é puxada e “intensa”, como ela mesmo define. “O treino é intenso. Pratico a atividade de três a quatro vezes por semana. Nos finais de semana, me aperfeiçoo em academias de artes marciais em Ipioca”.

A jovem consegue elencar facilmente os inúmeros benefícios que a prática da atividade a proporcionou. “A prática do judô melhorou muito a minha postura. Além da beleza e da inteligência, hoje em dia, me considero uma pessoa muito mais focada e determinada”, explica. Além do esporte, Abigail também pretende seguir carreira acadêmica e ingressar no ensino superior. “Atualmente, estou fazendo cursos profissionalizantes porque quero cursar Direito. Acho que é importante investir na educação também”, comenta. 

Ajuda
Os interessados em ajudar a esportista podem ligar diretamente para a atleta por meio do número: (82) 9 8726-5645.

Galeria de Fotos


Comentários