Pés no chão

Chamusca rechaça discurso de acesso no CRB

Treinador quer se manter brigando na primeira metade da tabela para depois sonhar com vaga na Série A

POR: Smack Neto, 7 Segundos
Marcelo Chamusca, técnico do CRB
Ascom CRB

O discurso no CRB é otimista. Apesar de ter sido derrotado na final do Alagoano, a equipe considerou que foi melhor que o rival em ambos os jogos e que se mantiver o nível de jogo apresentado nas finais, tem boas chances de subir. Contudo, o técnico Marcelo Chamusca tenta conter a empolgação e estabeleceu outra meta para a equipe.

- Eu sempre falo assim: a gente tem um investimento e a gente tem que acreditar que pode permanecer e lutar para estar sempre na primeira página da tabela, entre os dez primeiros colocados. Estando entre os dez primeiros colocados, vamos estar muito próximos do G-4, que é o que se exige para você conseguir subir ao final das 38 rodadas. (...) a sequência da competição é que vai dizer o que a equipe vai fazer, e se ela vai brigar ou não. Vamos ver. Depois até de oito rodadas nós vamos ter uma parada e nós já teremos uma fotografia, mas a minha ideia, principalmente nesse primeiro momento, é de se manter na primeira página - disse o treinador.

O técnico, que vem recebendo alguns reforços, lamentou os desfalques para a partida contra o Londrina. Até para começar a Série B na parte de cima da tabela, o treinador sabe que os desfalques atrapalham a montagem do elenco.

- E a maior preocupação nesse momento, na verdade, é com alguns atletas hoje lesionados. Eu gostaria de poder estar com todo grupo em condição. Perdi o Edson (Henrique) na semana passada, perdi o (Felipe) Menezes, perdi o (Hugo) Sanches, e a gente tem essas situações que me preocupam um pouco porque, quando você perde jogadores assim, com essa capacidade, com esse nível... O Edson, que estava muito bem encaixado com o Wellington, fazendo jogos de regularidade... O Menezes também, com condição de liderança, ali no vestiário... O Sanches, que nesse jogo fez uma partida muito interessante, ainda que jogando numa posição que ele pouco jogou, né? Jogou mais pelos lados nos outros jogos, mas mostrou que tem capacidade de jogar por dentro também... Quanto à partida, temos fatores positivos e negativos e eu procuro me apegar mais aos aspectos positivos - concluiu.

O CRB receberá o Londrina no próximo domingo, às 16h, no Rei Pelé.

 

CRB Desfalques meta reforços tabela técnico

Veja Também

Comentários