Nada certo

Marcelo Cabo nega fragilidade defensiva do CSA contra o Ceará

Treinador atribuiu a goleada a necessidade de se expor após sofrer os dois primeiros gols

POR: Smack Neto, 7 Segundos
Marcelo Cabo, técnico do CSA
Augusto Oliveira/7 Segundos

O CSA estreou na Série A sofrendo uma goleada fora de casa para o Ceará. O placar de 4 a 0 teve requintes de crueldade, já que a equipe cearense não fez um grande esforço para anotar os gols no placar. O técnico Marcelo Cabo se mostrou chateado após a partida, mas discordou que a sua equipe se mostrou frágil diante do adversário deste domingo (28).

- Cometemos o erros primários no primeiro tempo e que não podemos cometer. Tomamos dois gols e o lance da expulsão do João Carlos acabou condicionando todo o restante da partida - disse o treinador.

O treinador avaliou que o CSA começou bem a partida, mas que os gols em dois vacilos acabaram condicionando as ações do restante da partida:

- Estávamos bem postados, o jogo estava equilibrado. Tanto que o primeiro ato do jogo foi do CSA. Aí depois que tomamos um gol de bola parada e outro de contra ataque, a gente falar de fragilidade numa situação dessas que a gente tem que se expor é mais complicado. Agora é trabalhar para corrigir os erros e melhorar para a próxima partida - concluiu Marcelo Cabo.

O CSA volta aos gramados na próxima quarta-feira (1), quando encara o atual campeão brasileiro, Palmeiras, às 16h no Rei Pelé.

 

cabo ceará CSA Erros goleada marcelo técnico

Veja Também

Comentários