esportes

Bombeiro alagoano conquista 3º lugar no Pan Americano Master de Levantamento de Peso Olímpico 2019

Capitão Gilson conquistou duas medalhas de bronze, em Orlando-EUA

POR: ASCOM CBMAL
Capitão Gilson conquistou duas medalhas de bronze, em Orlando-EUA
Cortesia

Força, garra, determinação. São algumas das caraterísticas esperadas de um bombeiro militar, que para exercer suas difíceis missões diárias, precisa estar bem fisicamente, além do preparo psicológico. Os treinos devem ser constantes na rotina destes profissionais, e foi através deles que o capitão Gilson Melo descobriu que tinha o índice para participar do Pan Americano Master de Levantamento de Peso Olímpico, e assim, após três anos de dedicação conquistou o 3º lugar na competição internacional, ganhando duas medalhas de bronze. O evento ocorreu em Orlando-EUA, de 28 de maio a 02 de junho.

Na categoria de 35 a 39 anos até 73 kg, dez atletas participaram, e o oficial do CBMAL conquistou a terceira colocação levantando 90 kg no “arranque”, onde o competidor precisa levantar o peso da barra até acima da cabeça em um movimento único, e em seguida realizou o levantamento de 107 kg no “arremesso”, que consiste em levantar o peso da barra em dois tempos, primeiro até os ombros, e depois arremessar a barra acima da cabeça, totalizando 197 kg levantados na prova.

“Durante o exercício da atividade bombeiro militar podemos observar vários exemplos de tarefas físicas onde necessitamos realizar movimentos que demandam o emprego de muita força física, como carregar uma vítima, operar um desencarcerador, subir os andares de um prédio em chamas carregando nossos equipamentos e materiais de combate a incêndio. E o levantamento de peso olímpico é uma modalidade que trabalha o desenvolvimento de força de forma global no corpo humano, por isso é muito importante na nossa preparação física”, explicou ele.

No último mês, o capitão conseguiu a liberação para o uso da marca CrossFit e com isso, o efetivo do CBMAL poderá ser treinado através dessa metodologia de treinamento e assim, poderá contribuir pra desenvolver um condicionamento físico mais voltado para o que é necessário para um bombeiro militar exercer cada vez melhor sua atividade fim.

“Não dá pra descrever em palavras a sensação de representar nosso país em uma competição internacional. Dessa vez eu pude estar do lado do atleta e não do torcedor, e inclusive contando com todos que estavam no Brasil, entre amigos e familiares torcendo por mim e mandando mensagens de incentivo, foi uma experiência incrível. Realmente é uma emoção muito grande poder estar lá representando o nosso país e ainda mais conseguir o 3° lugar no arranque e no total, garantindo duas medalhas de bronze e assim levar nossa bandeira ao pódio. Foi uma das maiores emoções da minha vida”, relatou o oficial.

Alagoas bombeiros levantamento de peso medalha de bronze

Veja Também

Comentários