Copa América

Redondo, Zanetti e Salas rasgam elogios a Daniel Alves: 'Um dos melhores da história'

Lendas do futebol sul-americano, no Brasil para uma série de eventos promocionais, apontam Seleção canarinho como favorita na final; Casemiro também recebe destaque

POR: Terra
TRIO DE RESPEITO: Zanetti, Redondo e Salas marcam presença na capital carioca
João Vítor Castanheira

No Rio de Janeiro para uma série de eventos promocionais, os argentinos Fernando Redondo e Javier Zanetti, e o chileno Marcelo Salas, rasgaram elogios a Daniel Alves, lateral-direito da Seleção Brasileira. Em entrevista realizada nesta sexta-feira, na Barra da Tijuca, zona oeste do capital carioca, as lendas do futebol sul-americano disseram considerar o ex-jogador de Barcelona e Paris St-Germain um dos melhores de todos os tempos de sua posição. 

- Sem dúvida, é um dos maiores da história. Não pelo que faz agora, mas pelo que fez em toda sua carreira. A verdade é que gosto de vê-lo com 36 anos, tendo essa vontade e como ele mostra isso. Esta Copa América demonstra o grande jogador que ele é - disse Javier Zanetti, segundo jogador que mais disputou jogos pela Seleção Argentina, muitos deles na mesma posição em que atua o brasileiro. 

Quem também ressaltou a forma do capitão time canarinho foi Fernando Redondo, ex-jogador de Real Madrid e Milan, e que disputou o Mundial de 1994 pela seleção argentina. 

- Está entre os melhores da história, assim como Cafu. Obviamente, o momento de Daniel Alves é fantástico, e tenho que ressaltar também a idade dele. Parece um menino e está muito bem. 

Marcelo Salas, ídolo da seleção do Chile e campeão italiano pela Lazio, lembrou os tempos em que enfrentou Daniel Alves no continente europeu, já no fim da carreira do chileno, e destacou o papel liderança exercido pelo jogador de 36 anos no elenco comandado por Tite. 

- O enfrentei, vi praticamente toda a carreira dele, na Espanha, na França e na Seleção, onde é uma referência. Acho que teve que tomar as rédeas na seleção, porque é um dos mais experientes. É um lateral estupendo, claro que é um dos melhores da história. 

Salas fez dupla histórica com Zamorano em 'La Roja' (Foto: João Vítor Castanheira)

DE MERENGUE PARA MERENGUE
Quem também ganhou elogios foi Casemiro, jogador da Seleção Brasileira e do Real Madrid. Redondo, eleito pelo jornal espanhol 'Marca', em 2012, como melhor primeiro volante da história da equipe espanhola, admitiu que após os três títulos consecutivos de Liga dos Campeões conquistados pelos merengues com a presença do brasileiro, tem a concorrência do ex-São Paulo na escalação do Real de todos os tempos. 

- Gosto muito do Casemiro. Gostaria de ter tido ele ao meu lado quando jogava, porque dá muita segurança e equilíbrio defensivo, e também é importante no ataque. É um jogador que aparece na frente, com muito poderio físico e muita personalidade. É um jogador de características diferentes das minhas, mas que adoro ver jogar, e que estaria em minha equipe.

PALPITES PARA BRASIL X PERU

Fernando Redondo 
- O Peru teve um grande rendimento contra o Chile e certamente está procurando uma revanche, pelo 5 a 0. Por outro lado, o Brasil tem belíssimos jogadores, que se conhecem, e que são de muitíssima categoria. Será uma grande partida de futebol. 

Marcelo Salas
- Creio que o Brasil é favorito. Gosto do ímpeto, dos grandes jogadores. Mas o Peru faz uma grande competição. Depois da goleada sofrida contra o Brasil, teve uma mudança tática, de sistema. Contra o Uruguai, muito defensivo, contra o Chile, foram muito bem, marcaram dois gols e se fecharam. Agora há o dilema contra o Brasil: o que fazer? Se fecha e espera ou joga? Acredito que vai se fechar depois daquela goleada. Vai ser um duelo muito estudado. 

Javier Zanetti
- Creio que o favorito por história, por tradição e por jogar em casa é o Brasil. Mas a mim não surpreende o Peru estar na final, porque há um grande trabalho desde a chegada de Gareca, e chegar à final, apesar da goleada por 5 a 0 contra o Brasil, é fruto do trabalho dele com o elenco. Não vai ser uma final fácil para o Brasil, pois Peru não ser o que perdeu de goleada, e para eles, vai ser uma partida histórica, que pode marcar um antes e um depois. Vai ser lindo de ver como espectador. 

Copa América Daniel Alves Redondo salas Trio Zanetti

Veja Também

Comentários