Série B

CRB empata com o Oeste-SP e desperdiça chance de chegar ao G4

2 a 2 deixou o Galo na sétima posição da competição

POR: Smack Neto, 7 Segundos
CRB empatou com o Oeste-SP no Rei Pelé
Ascom CRB

O torcedor que foi ao Rei Pelé saiu com o sentimento de frustração. O CRB vencia o Oeste por 2 a 1  até os 42 do segundo tempo, mas acabou cedendo o empate e desperdiçando a chance de entrar no G4 pela primeira vez na Série B. Os gols da partida foram marcados por Igor e Léo Ceará, pelo Galo; e Bruno Lopes e Fábio marcaram para os visitantes.

O jogo

O primeiro tempo começou movimentado, com dois gols em 10 minutos. O CRB começou a partida indo pra cima, empolgado com o Rei Pelé lotado. Logo aos 3 minutos, o Galo saiu na frente com Igor. Após escanteio, a bola resvalou na zaga e sobrou para o lateral-esquerdo encher o pé e fazer o Trapichão explodir. 

Mas a festa do torcedor não durou muito. Quando o CRB começava a tomar conta do jogo, o Oeste empatou com Bruno Lopes, de cabeça, após escanteio aos 10 minutos do primeiro tempo. Jogo insano no Rei Pelé. Mas a partir do empate, a partida mudou de cara.

O jogo passou a ficar muito truncado, com o Oeste impondo a sua marcação forte e dificultando a construção de jogadas por parte do alvirrubro. O meio-campo do Galo pareceu nervoso e acabou errando muitos passes, parecendo impaciente com a perda da vantagem tão rapidamente. As duas equipes foram para o intervalo igualados no marcador.

No segundo tempo, as duas equipes voltaram em um ritmo forte. Assim como no primeiro tempo, o CRB pressionou e teve boas chances para marcar logo no início da partida. Felipe Ferreira teve grande chance, mas acabou chutando cruzado e permitindo ao goleiro do Oeste praticar uma grande defesa. 

Mas aos 10 minutos, o Galo foi às redes de novo. E mais uma vez, o gol nasceu de um escanteio. A bola foi bem levantada por Ferrugem e Léo Ceará cabeceou de forma inapelável. O time de Marcelo Chamusca retomava a vantagem e chegava com mais força ao ataque. Ao mesmo tempo, o Oeste começava a se animar e tentou ensaiar uma pressão a partir dos 20 minutos da segunda etapa. Contudo, o Galo foi eficiente na marcação e conseguiu segurar o ímpeto do adversário.

Até que aos 42 minutos do segundo tempo, quando tudo parecia encaminhado, o Galo sofreu um contra-ataque rápido e acabou sofrendo o gol de empate, no chute colocado de Fábio. Uma ducha de água fria no torcedor regatiano, que acabou indo embora frustrado com o empate.

Agora, o foco do Galo fica para a próxima partida, no sábado (3), às 19h, contra o Cuiabá no Rei Pelé. 

CRB Oeste série B

Veja Também

Comentários