Brasileirão

Em áudio vazado de conversa com torcedores, Argel critica montagem de elenco do CSA: "Muito jogador cabeça de bagre"

Segundo o clube, gravação teria sido feita quando torcida organizada foi ao CT cobrar melhores resultados do treinador e direção

POR: Zero Hora
Argel Fucks, técnico do CSA
Augusto Oliveira / Ascom CSA

Técnico do CSA, penúltimo colocado do Brasileirão, Argel Fucks está envolvido em mais uma polêmica. Neste fim de semana, vazou o áudio de uma conversa do treinador com membros da torcida organizada do clube alagoano, cobrando por melhores resultados. 

Em meio aos 46 minutos de gravação, que tem também a presença do executivo de futebol, Fabiano Melo, Argel não poupa críticas à estrutura da equipe e à montagem do elenco.

— Eu sei que vocês se acostumaram a ganhar. Vocês saíram da Série D, subiram para a C, para a B, só que a Série A é outro nível. Foi feito muita coisa errada aqui, se contratou muito jogador cabeça de bagre — diz o treinador, que continua. — O CSA não tem essa estrutura que vocês pensam. Vamos dar uma volta para vocês verem. Um clube de Série A e eu tive que fazer uma área com fita, porque nós não temos campo. É diferente. O Grêmio vem de voo fretado para enfrentar a gente — completa.

Em determinado momento da conversa, Argel chega a anunciar nomes de atletas que estão negociando para reforçar o plantel.

— Os jogadores estão dando o que podem dar, o que falta é qualidade para o nosso time. E eu já vou abrir aqui para vocês: nós estamos atrás do Berola, do Edinho e do Daniel Costa. Os jogadores querem vir, mas tudo depende de acordos financeiros — relata ele.

Conforme nota publica no site oficial do CSA, o encontro teria acontecido no CT do clube após derrota para o Fortaleza, na 14ª rodada. Coincidentemente, na partida seguinte, a equipe conquistou a única vitória sob o comando de Argel: 1 a 0 sobre o Fluminense, no Maracanã.

— Eu sei que vocês estão sentindo na pele, sei que a torcida do CRB (rival do CSA) fica enchendo o saco. Esses dias, cheguei no meu prédio, o porteiro olhou para mim e disse: "E aí, Argel, teu time não ganha de ninguém". E eu falei: "E o teu, que está na Série B? O dia que vocês estiverem na Série A, vocês falam alguma coisa". Então, eu sei dessa realidade, porque eu trabalhei nisso. (Em) Grêmio e Internacional é igual, a pressão é igual — comenta ele.

Contratado há dois meses para o cargo, Argel esteve à frente do time em oito partidas, com quatro derrotas, três empates e somente uma vitória. O CSA volta a campo no próximo domingo (8), quando recebe a Chapecoense, às 19h, no Estádio Rei Pelé, em Maceió.

Polêmica anterior com vazamento de áudio

Quando Argel era técnico do Inter, também se envolveu em uma polêmica envolvendo o vazamento de um áudio. Na época, semana de um Gre-Nal, o treinador disse em um áudio enviado por redes sociais que o Inter passaria o trator no Grêmio. No fim, o time colorado perdeu o clássico 410 por 1 a 0, no Beira-Rio.

Argel brasileirão CSA

Veja Também

Comentários