Série B

CRB volta a vencer em casa após 48 dias

Galo aplicou 3 a 1 no Brasil-RS e chegou a 5° posição na tabela

POR: Smack Neto , 7 Segundos
Felipe Ferreira comemora gol do CRB contra o Brasil-RS
Pei Fon / TNH1

O CRB voltou a vencer em casa. Depois de 48 dias e muitas chances de entrar no G4 desperdiçadas, o torcedor regatiano viu o Galo bater o Brasil-RS por 3 a 1 e encostar no G4. Os gols foram marcados por Felipe Ferreira, Lucas Siqueira e Alisson Farias. Maicon descontou para os visitantes.

Agora, o CRB pensa na próxima partida, no dia 21 de setembro, contra o Coritiba, fora de casa. 

O jogo

O CRB entrou determinado a tirar a zica no Rei Pelé. O time foi muito superior ao Brasil-RS na primeira etapa e acabou conseguindo transformar a superioridade em uma boa vantagem no marcador. O grande destaque regatiano foi o meia-atacante Felipe Ferreira. Aos 19 minutos, após jogada de Alisson Farias, Felipe Ferreira recebeu e marcou um bonito gol para o Galo.

O gol deixou a equipe gaúcha atordoada, e o Galo seguiu partindo pra cima. Léo Ceará, Alisson Farias e o próprio Felipe Ferreira seguiam dando muito trabalho para a defesa Xavante, obrigando ao goleiro Carlos Eduardo.

Mas aos 34 do primeiro tempo, Felipe Ferreira fez boa jogada pela direita, cruzou na cabeça de Lucas Siqueira que testou sem chances pro fundo das redes. 2 a 0 e um primeiro tempo de manual. O Galo caminhava para reencontrar a vitória jogando no Rei Pelé.

O segundo tempo começou com o CRB repetindo o mesmo filme das partidas anteriores: início ruim com o adversário dominante no segundo tempo. O Xavante ameaçou e aos 23 minutos do segundo tempo, os visitantes diminuíram o placar com gol de Maicon Assis.

Mas quando parecia que o CRB iria repetir o roteiro dos jogos anteriores no Trapichão, o atacante Alisson Farias foi decisivo. Após bola mascada em frente da área, Alisson Farias aproveitou o rebote, dominou e chutou uma bola colocada no ângulo. 3 a 1 e a vitória praticamente sacramentada aos 26 do segundo tempo.

A partir daí, o Brasil tentou pressionar, mas não levou perigo ao goleiro Vinícius. O único destaque negativo ficou por conta do volante Lucas, que acabou sendo expulso por uma cotovelada no adversário. Mas no final da partida, o Galo conseguiu uma vitória que o recolocou próximo do G4 da competição.

Brasil-RS CRB série B

Veja Também

Comentários