Brasileirão

Em casa, Fluminense vence reservas do Grêmio e respira no Brasileiro

Comandado por Marcão, time carioca consegue um resultado importante na briga contra o rebaixamento

POR: Terra
Fluminense vence o Grêmio no Maracanã
Celso Pupo/Agência Lancepress!

Diante de toda a crise, o Fluminense deu uma respirada no Campeonato Brasileiro, ao vencer os reservas do Grêmio por 2 a 1, na tarde deste domingo, no Maracanã. Comandado por Marcão, o clube carioca marcou no começo de cada etapa, com Nenê e Caio Henrique. No segundo tempo, Ferreira descontou para a equipe gaúcha.

O clube carioca chegou a 22 pontos e segue na 16ª colocação. Com o foco na semifinal da Libertadores, na próxima quarta-feira, o Grêmio permanece com 37 pontos, na sétima colocação.

COMEÇO CORRIDO
Os primeiros minutos do jogo foram de muita intensidade por parte das duas equipes. O Fluminense aproveitou os espaços do Grêmio para abrir o placar logo no começo. Em uma boa troca de passes, Yony Gonzales deu um belo passe para Nenê marcar.

O Fluminense seguiu com a estratégia de explorar os contra-ataques e teve outras boas chegadas. Mas foi o Grêmio que esteve mais perto de balançar as redes. Após uma falha de Ganso na saída de bola, Muriel fez uma grande defesa no chute de Thaciano.

FALTOU PONTARIA
A partir dos 15 minutos, o Fluminense diminuiu o ritmo. Com isso, o Grêmio cresceu na partida, com boas chances de empatar, principalmente com André e Thaciano, mas os jogadores pecaram na hora da finalização.

Mesmo com mais dificuldade, o Fluminense conseguiu encaixar alguns contra-ataques perigosos. Yoni e João Pedro tiveram boas chances de ampliar, mas também finalizaram para fora.

MESMO ROTEIRO
O segundo tempo começou da mesma maneira que o primeiro, com um ritmo muito forte. Assim como na etapa inicial, o Fluminense foi eficiente no começo. Em uma boa jogada, João Pedro rolou para Caio Henrique ampliar. O Grêmio tentou responder logo em seguida, mas parou novamente em uma grande defesa de Muriel.

Também teve espaço para polêmica, com reclamação de toque de mão por parte do Grêmio em duas jogadas. Na primeira, a bola toca em Gilberto e o árbitro manda seguir. Na segunda, Yuri encosta o braço na bola. O juiz checa o VAR e não marca o pênalti.

FINAL AGITADO
O Grêmio seguiu com mais posse de bola e no campo de ataque. Em uma jogada confusa, Ferreira precisou chutar duas vezes para marcar o primeiro gol do Grêmio e colocar fogo no jogo.

Após sofrer o gol, o Fluminense melhorou e segurou o resultado. A equipe carioca soube se fechar na defesa e levar perigo ao gol do Grêmio nos contra-ataques. Houve ainda um pedido de pênalti em João Pedro, que o árbitro mandou seguir após olhar o VAR.

brasileirão Fluminense Grêmio

Veja Também

Comentários