Brasileirão

CSA já pensa no confronto direto com o Avaí e conta com força da torcida

Azulão quer se recuperar das duas derrotas jogando longe de Maceió

POR: Terra
Héctor Bustamante, atacante do CSA
Matheus Pimenta / Ascom CSA

Após duas derrotas, para Palmeiras e Santos, em São Paulo, o CSA retornou para Maceió nesta segunda-feira e já começou a pensar no confronto direto contra o Avaí, no próximo domingo, às 19h.

Os dois reveses fizeram o time de Argel Fucks voltar à zona de rebaixamento, agora na 18ª colocação, com 19 pontos, três a menos que o Fluminense, primeiro time fora da degola.

O lateral Rafinha comentou sobre o duelo com os catarinenses e que as duas derrotas já ficaram no passado. "Em casa temos que fazer um bom papel diante da nossa torcida. Vamos mostrar que estamos fazendo bons jogos. Eu espero que contra o Avaí, nós possamos fazer um grande jogo, como foi contra o Ceará e a Chapecoense. E contra o Ceará que possamos ter uma sequência nisso para conquistarmos nossos objetivos", disse.

"No jogo do Palmeiras fizemos um primeiro tempo em que a equipe não encaixou e acabou em um placar elástico. No segundo tempo equilibramos e conseguimos fazer dois gols. Contra o Santos, duas bolas paradas acabaram decidindo. Vamos levantar a cabeça e pensar no Avaí, que é um confronto direito, e nós sabemos da importância dos três pontos dentro de casa", finalizou.

Na 18ª posição, o Azulão tem 19 pontos em 22 jogos, com quatro vitórias, sete empates e 11 vitórias.

Avaí brasileirão CSA

Veja Também

Comentários