Brasileirão

Avaí pedirá anulação do jogo contra o CSA alegando uso incorreto do VAR

Catarinenses contestam a marcação de pênalti no último domingo

POR: Terra
Avaí quer anular o jogo contra o CSA
Célio Júnior/CSA

O Avaí acredita que foi prejudicado pela arbitragem na derrota para o CSA, no último domingo, e deverá pedir a anulação da partida no STJD. O Leão da Ilha alega que o VAR foi utilizado de maneira incorreta, não compreendendo o motivo pelo qual a penalidade contra a equipe catarinense foi marcada.

O lance polêmico aconteceu aos 21 minutos da primeira etapa, quando a partida estava empatada em 1 a 1. Léo empurrou Ricardo Bueno dentro da área com uma de suas mãos e o árbitro Anderson Daronco assinalou a penalidade após consultar o VAR. Na cobrança, Jonatan Gomez converteu e colocou o CSA na frente.

Inconformado com a marcação, o Avaí cobra uma explicação do chefe de arbitragem da CBF, Leandro Gaciba, além de querer a divulgação do áudio da conversa entre Daronco e o árbitro de vídeo.

Após a derrota por 3 a 1 para o CSA, o Avaí estacionou na 19ª posição, com 16 pontos somados. Enquanto isso, a equipe alagoana saltou para a 17ª colocação, com 22 pontos conquistados.

Veja abaixo, na íntegra, a posição oficial do Avaí sobre o caso:

Requerimento de áudio do VAR e pedido de anulação da partida CSA e Avaí

O Avaí encaminhou no final da tarde desta segunda-feira (7), via Federação Catarinense de Futebol à Comissão de Arbitragem da CBF, requerimento para ouvida do áudio do VAR no lance em que o árbitro Anderson Daronco foi convencido a mudar equivocamente a decisão de campo e marcar pênalti em favor do CSA aos 21 minutos do segundo tempo, quando o jogo estava empatado em 1 x 1. Prejudicado neste lance, o Avaí acabou sendo derrotado por 3 x 1.

O clube vai entrar nesta terça-feira (8) com pedido de anulação da partida CSA x Avaí junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva, por entender que houve erro na aplicação do protocolo do VAR naquele lance da marcação do pênalti, em prejuízo flagrante ao clube. Principalmente depois das declarações do diretor de árbitros da CBF, Leonardo Gaciba, no programa Redação, do Sportv, nesta segunda-feira (7), que comparou o lance do jogo do Avaí com o lance de Palmeiras x Atlético, disputado no domingo, na Arena Palmeiras, onde o árbitro Rafael Traci nada marcou e o VAR não fez a revisão do lance. Se os lances foram semelhantes, como disse Gaciba, o clube quer entender por que razão no lance do jogo do Avaí foi marcado pênalti.

arbitragem Avaí CBF CSA VAR

Veja Também

Comentários