Brasileirão

Jesus admite primeiro tempo abaixo do Fla, mas exalta triunfo: 'Vitória com estrelinha de campeão'

Treinador parabeniza diretoria por ter segurado Reinier com o elenco e deixa claro que não poupará ninguém contra o Fluminense, no domingo, três dias antes de enfrentar o Grêmio

POR: Terra
Jorge Jesus, técnico do Flamengo
DELMIRO JUNIOR/PHOTO PREMIUM

Dos 13 jogos do Flamengo sem perder no Campeonato Brasileiro, o desta quarta-feira, contra o Fortaleza, no Castelão, foi o mais angustiante. Recheado de desfalques, o Rubro-Negro viu um corajoso adversário se impor dentro das quatro linhas, abrir o placar e levar o líder do torneio a um cenário de desconforto total. Porém, o Flamengo soube contornar a situação, virou o placar e somou mais três pontos, no Nordeste do país.

Em coletiva após o jogo, Jorge Jesus admitiu o primeiro tempo abaixo da média, mas fez questão de exaltar a importância do triunfo. O português, que comemorou exacerbadamente o gol de Reinier, que decretou a virada, definiu a vitória como "a ferros", termo utilizado em seu país natal.

- Tivemos muito jogadores fora. Não tivemos um jogo a nível do que estamos habituados a fazer no primeiro tempo. Fizemos alterações para ver se melhorava a equipe, fiz mudanças táticas, no intervalo modifiquei e as coisas melhoraram. Fizemos por onde ganhar. Foi uma vitória a ferros, como se diz em Portugal, com estrelinha de campeão. Os campeões também precisam ter sorte. É óbvio. Sorte no jogo. Vocês acham que nosso segundo gol foi por acaso, mas não foi. Não quero falar isso para não dar pista aos outros. Foi trabalho de equipe. Não tivemos a mesma atuação porque não tínhamos alguns jogadores - afirmou.

brasileirão flamengo Fortaleza Jorge Jesus

Veja Também

Comentários