Brasileirão

CSA é derrotado pelo Fortaleza e se complica na briga pela permanência

3 a 0 no Castelão foi um dos piores jogos do Azulão na competição

POR: Smack Neto com Lance!, 7 Segundos
Fortaleza venceu o CSA com facilidade
Divulgação / Fortaleza

O CSA precisava desesperadamente da vitória, mas acabou sendo batido facilmente pelo Fortaleza. O 3 a 0 deixou o Azulão numa situação bastante complicada, já que a equipe segue a 6 pontos da primeira equipe fora do Z4, o Fluminense. Caso o Cruzeiro vença amanhã, essa distância pode subir para 7 pontos.

Os gols da vitória tricolor foram marcados por Juninho, Tinga e Paulão. O CSA agora foca no próximo compromisso, fundamental para as pretensões do time. Na próxima segunda-feira (25), o Fluminense será o adversário azulino no Rei Pelé, às 20h30, num confronto que pode determinar o destinio das duas equipes na competição.

O Jogo

O Fortaleza era o time que assumia o protagonismo do confronto e tentava quebrar a linha defensiva do adversário principalmente usando a velocidade de Tinga e Carlinhos nos lados. Porém, dentro dessa realidade onde os alagoanos mais se retraíam e buscavam o contra-ataque ideal, a única finalização mais clara apareceu com André Luis limpando a marcação e batendo de esquerda para defesa segura de João Carlos.

GOLAÇO AÇO AÇO!

Em meio a insistência dos anfitriões jogando por baixo, ironicamente foi na base da qualidade na cobrança de falta perfeita de Juninho que o marcador da Arena Castelão foi aberto para o Leão do Pici. Após jogada ensaiada onde Carlinhos passou da bola, Juninho acertou uma batida reta, firme, indo no ângulo esquerdo de João Carlos que até se esticou, mas nada conseguiu fazer para evitar.

ARTILHEIRO OU GARÇOM?

O CSA até tentou se posicionar de maneira mais ofensiva no começo do tempo complementar acrescentando Bruno Alves na vaga de Warley. Porém, na base da velocidade, Romarinho saiu em disparada pelo lado direito do ataque ganhando de Luciano Castan e, no cruzamento dominado por Wellington Paulista, Tinga apareceu de surpresa batendo pras redes no canto oposto de João Carlos.

O QUE ESTAVA BOM FICOU AINDA MELHOR

Cinco minutos depois do segundo tento do Tricolor, uma cobrança de falta vinda pelo alto encontrou o zagueiro Paulão absolutamente livre de marcação na altura da pequena área. Com tamanha liberdade, o camisa 4 não teve dificuldades e chegou de carrinho para concluir fazendo o terceiro do Fortaleza no jogo.

FICHA TÉCNICA
FORTALEZA 3 X 0 CSA

Local: Arena Castelão, Fortaleza (CE)
Data e hora: 17/11/2019 - 19h (horário de Brasília)
Público e renda: 34.231 pessoas - R$ 323.927,00
Árbitro: Anderson Daronco (FIFA-RS)
Assistentes: José Eduardo Calza e Michael Stanislau (ambos CBF-RS)
VAR: Caio Max Augusto Vieira (CBF-RN)
Cartões amarelos: Warley (CSA)
Cartões vermelhos:
Gols: Juninho (33'/1°T), Tinga (3'/2°T), Paulão (8'/2°T)

FORTALEZA: Felipe Alves; Tinga, Quintero, Paulão e Carlinhos; Felipe (Derley, aos 33'/2°T), Juninho, André Luis (Kieza, aos 18'/2°T) e Romarinho; Edinho e Wellington Paulista (Matheus Alessandro, aos 26'/2°T). Técnico: Rogério Ceni.

CSA: João Carlos; Celsinho, Alan Costa, Luciano Castán e Carlinhos; Dawhan, João Vitor, Apodi (Rafinha, aos 43'/2°T), Euller e Warley (Bruno Alves, no intervalo); Ricardo Bueno. Técnico: Argel Fucks.

brasileirão CSA Fortaleza

Veja Também

Comentários