Brasileirão

CSA perde do Bahia e está virtualmente rebaixado para a Série B

Azulão teve um jogador a mais durante boa parte do segundo tempo, mas não conseguiu a vitória

POR: Smack Neto , 7 Segundos
CSA perde do Bahia e está virtualmente rebaixado no Brasileirão
RCortez / Ascom CSA

O CSA perdeu do Bahia por 2 a 1 neste domingo e praticamente confirmou o rebaixamento para a Série B. Pelos baianos, Gilberto e Arthur Kayke marcaram. Nilton descontou de cabeça. Com o resultado, o Azulão praticamente confirmou o rebaixamento. Os 32 pontos fazem com que a equipe precise vencer as duas partidas e torcer que Ceará e Cruzeiro percam seus jogos. Além disso, teria de tirar 26 gols de diferença de saldo. 

 

O jogo

 

O CSA começou indo com tudo para o ataque. Precisando vencer para se manter na briga contra o rebaixamento, o Azulão conseguiu imprimir um bom ritmo e quase abriu o marcador antes dos 10 minutos, numa boa jogada pela direita que Apodi se esticou todo e não conseguiu completar o cruzamento.

Por outro lado, o Bahia aos poucos foi pressionando, principalmente com Artur e Gilberto. Os atacantes conseguiram bons chutes de fora e assustaram Jordi. Mas aos 31 minutos, o tricolor chegou ao seu gol. Gilberto recebeu passe na entrada da área, se livrou do marcador e bateu no canto sem chances para Jordi. 

Para piorar a situação do Azulão, Pouco antes do intervalo Apodi, o jogador mais ativo da equipe até então, sentiu uma lesão muscular e acabou saindo. O primeiro tempo acabou e o Azulão desceu com o apoio da massa, apesar da derrota parcial.

O segundo tempo começou e o Azulão foi com tudo para cima do Bahia. Sabendo que a derrota seria péssima, os comandados de Jacozinho, que estreava como técnico no Brasileirão, deram tudo de si em busca da vitória. E a pressão inicial resultou em gol. Após escanteio, Nilton subiu sozinho e cabeceou sem chances para Douglas. Empate no Rei Pelé, que acendeu o torcedor nas arquibancadas.

Para complicar ainda mais o Bahia, Ronaldo foi expulso aos 19 minutos e deixou a situação ainda mais complicada, já que a partir daí, o CSA se lançou ainda mais a frente. Contudo, a retranca dos baianos acabou forçando que o CSA utilizasse muitos cruzamentos e chutes de fora da área. Jean Cléber, Nilton, Rafinha e Ricardo Bueno tiveram suas oportunidades, mas a má pontaria atrapalhou. O Bahia pouco ameaçava, a não ser nas bolas paradas, como na falta que Artur carimbou a trave. Mas aos 40 minutos, o Bahia conseguiu encaixar um contragolpe fatal. João Vitor parou na jogada após alegar ter sofrido falta, Artur puxou a saída na velocidade, invadiu a área e rolou na medida para Arthur Kayke finalizar no contrapé de Jordi. A revisão do VAR confirmou o gol. O restante da partida ficou marcada pelo desespero do Azulão, que terminou a partida lamentando a derrota e o iminente rebaixamento.

Bahia brasileirão CSA rebaixamento

Veja Também

Comentários