Estaduais

Faltou atitude ao Palmeiras no primeiro tempo, lamenta Luxemburgo

Verdão saiu derrotado no confronto contra o Red Bull Bragantino

POR: Terra
Vanderlei Luxemburgo, técnico do Palmeiras
Igor Castro/Florida Cup/Divulgação

O técnico Vanderlei Luxemburgo evitou esconder os erros do Palmeiras na derrota contra o Red Bull Bragantino, neste domingo, no interior paulista. Para o experiente comandante, o apatia da equipe, sobretudo no primeiro tempo, foi a causa principal da perda da invencibilidade no Estadual e na própria temporada 2020.

"Nós não jogamos bem, é uma realidade. Os jogadores precisam entender que as conquistas dependem de nós. Não fizemos por merecer hoje. O Bragantino fez por merecer, buscou mais, jogou. Faltou atitude", disse.

Insatisfeito, Luxemburgo fez uma cobrança forte ao time no intervalo e promoveu as entradas de Zé Rafael, Willian e Gustavo Scarpa. Ele percebeu uma equipe mais ativa nos 45 minutos finais, porém ainda com deficiências em campo.

"Mudou a atitude, mas tecnicamente não foi partida com grandes jogadas. Tivemos atitude de quem joga no Palmeiras. Eu cobrei isso no intervalo. o Segundo tempo foi diferente. A gente fica satisfeito por tentamos alguma coisa, mas insatisfeito porque não podemos jogar dessa forma", explicou.

A derrota e a forma de jogar do Palmeiras deixou para o técnico um gosto amargo mesmo recebendo uma homenagem do Red Bull Bragantino antes do jogo. O treinador foi o responsável pelo único título paulista do clube do interior.

"É legal você receber uma placa, ser o nome de um sanduíche aqui, mas horrível é perder", definiu Luxemburgo.

Bragantino Luxemburgo Palmeiras paulistão Red Bull

Veja Também

Comentários