Paulista

Palmeiras de Luxa marca mais de 80% dos seus gols no segundo tempo

Verdão vem fazendo boa campanha no estadual

POR: Terra
Vanderlei Luxemburgo, técnico do Palmeiras
Igor Castro/Florida Cup/Divulgação

Em começo de temporada no Brasil é esperado que as equipes tenham dificuldade com a parte física e diminuam o desempenho no segundo tempo. O Palmeiras de 2020, entretanto, parece quebrar essa escrita e mostra força justamente na etapa final das partidas neste Paulistão.

Comandado pelo experiente Vanderlei Luxemburgo, o Verdão chegou a 13 gols na temporada e 11 deles (cerca de 84%) foram marcados no segundo tempo.

Na vitória por 3 a 1 sobre o Mirassol, no último domingo, as equipes desceram zeradas para o intervalo. Já na segunda etapa, o Palmeiras saiu atrás, mas buscou a virada com gols de Gustavo Gómez, Raphael Veiga e Luiz Adriano.

O roteiro foi semelhante nos jogos anteriores do Campeonato Paulista. Na estreia contra o Ituano, os quatro tentos da goleada saíram no segundo tempo. Contra o Oeste, apenas Gustavo Scarpa marcou na primeira parte do jogo, enquanto os três de Willian também foram anotados depois do intervalo.

Até na derrota para o Red Bull Bragantino, a única do Verdão na competição, o gol de honra da equipe foi anotado na etapa final, com Dudu de pênalti.

O Palmeiras passou em branco depois do intervalo em apenas duas partidas: o empate em 0 a 0 contra o São Paulo e a vitória por 1 a 0 sobre a Ponte Preta. Contra a Macaca, Willian anotou o gol da vitória aos 33 minutos.

Com a força mostrada na parte final dos jogos, o Verdão é dono do melhor ataque do estadual até aqui. A próxima chance de ampliar a marca será já nesta quinta-feira, às 21h30, quando a equipe recebe o Guarani no Allianz Parque.

Luxemburgo Palmeiras

Veja Também

Comentários