Negociação

Após reunião no início do mês, Santos não avança por acordo com Robinho

Peixe tenta repatriar ídolo para o Brasileirão

POR: Terra
Robinho (d), do Atlético-MG, com a faixa de protesto durante jogo de abertura do Brasileiro
Reprodução/Uol

O Santos se reuniu com Marisa Alija, advogada de Robinho, no dia 6 de março. E não houve avanço pelo acordo para pagar dívida com o atacante desde então.

O Peixe ficou de enviar uma proposta oficial para parcelar o valor milionário herdado por outras gestões. E não procurou mais a representante.

"Marisa vem conversando com a gente sobre dívidas de outras gestões, estamos tentando negociar essa dívida por acordo. Interesse há (no retorno), mas vamos tratar depois de sanar a dívida", disse Matheus Rodrigues, membro do Comitê de Gestão, à Rádio Ômega.

Robinho tem contrato com o Basaksehir, da Turquia, até junho. A renovação é vista como improvável por conta de uma nova regra no país. 

O Santos não esconde o desejo de trazer Robinho de volta, mas sabe que, primeiramente, precisa resolver a questão da dívida. A possibilidade de pagar o débito junto ao salário não é pauta neste momento, mas pode vir a ser.

peixe Robinho Santos

Veja Também

Comentários