ssp apresentou

Criança achada carbonizada foi morta por adolescente após discussão, diz polícia

Resultado das investigações foi apresentado em coletiva à imprensa na manhã de hoje (16)

POR: 7 Segundos
Samuel Gomes dos Santos
Divulgação

Um adolescente de 13 anos confessou ter matado e carbonizado uma criança de apenas oito anos de idade, num matagal localizado no bairro de Chã da Jaqueira, parte alta de Maceió. A informação foi confirmada pela delegada Daniela Alves, durante coletiva à imprensa, na sede da Secretaria da Segurança Pública de Alagoas (SSP/AL) nesta quinta-feira (15).

A vítima identificada como Samuel Gomes dos Santos estava desaparecida há seis dias e somente na última sexta-feira (10), seu corpo foi localizado num matagal nas proximidades do Parque Municipal. Após o achado cadavérico, o corpo da criança foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Maceió e passou por exames de necropsia. O laudo IML apontou que a criança foi vítima de enforcamento.

De acordo com a Polícia Civil, durante os depoimentos, o autor do crime apresentou várias versões. Primeiramente ele afirmou que Samuel teria ficado preso num cipó e sido atacado por um enxame de abelhas e depois jogou a culpa nos outros menores que estavam brincando com a criança. Após confrontar os dados, ele confessou ter matado Samuel após uma discussão. 

"O menor envolvido ameaçou os outros menores, testemunhas. Eles viram o menor de 13 anos estrangulando a vítima, e após isso ele subiu no morro e ameaçou os demais. No dia posterior, ele subiu até a mata na companhia de outro menor e ateou fogo ao corpo para que ele não fosse reconhecido", afirmou a delegada.

O adolescente não foi detido porque se passaram muitos dias e não foi feito o flagrante do crime, mas a polícia trabalha para a sua apreensão.

Chã da Jaqueira criança morta Maceió morte

Veja Também

Comentários