Terrorismo

Ataque terrorista contra hotel em Mogadíscio deixa 30 mortos

POR: 7 segundos Maceió, Agência Brasil
Ataque é o mais fatal em Mogadíscio desde as eleições de fevereiro deste ano
Reprodução/EFE

Um ataque com caminhões-bomba praticado contra um hotel e atribuído ao grupo jihadista Al Shabab deixou pelo menos 30 mortos neste sábado (14) na cidade de Mogadíscio, capital da Somália.  A informação é da Agência EFE.

O ataque, cometido ao lado do Safari Hotel por volta das 15h40 (hora local; 9h40 em Brasília), é o mais fatal em Mogadíscio desde as eleições de fevereiro deste ano. Muitas pessoas ficaram feridas no incidente, mas ainda não há um número oficial, de acordo com o portal Horseed News.

O comandante da polícia de Mogadíscio, Mahad Abdi Gooye, indicou que um segundo caminhão-bomba explodiu perto da antiga sede da companhia aérea nacional Somali Airlines, no distrito de Wadajir.

Segundo Gooye, é muito provável que o número de mortos aumente nas próximas horas devidas à gravidade dos ataques. Os hospitais da região estão superlotados e os afetados pela explosão são civis, principalmente vendedores ambulantes do centro da cidade.

As autoridades mobilizaram um dispositivo das forças de segurança na área afetada para impedir que ocorram novos ataques enquanto os feridos são atendidos e transferidos.

Al Shabab, que em 2012 se filiou à rede internacional da Al Qaeda, controla parte do território no Centro e no Sul do país e tenta instaurar um Estado islâmico wahabista na Somália.

O país vive em estado de guerra e caos desde 1991, quando o ditador Mohamed Siad Barre foi derrubado, o que deixou o país sem governo efetivo e em mãos de milícias radicais islâmicas, senhores da guerra que respondem aos interesses de um clã determinado e grupos armados.

Al Shabab Ataque terrorista Mogadíscio terrorismo

Veja Também

Comentários