Violência

Prefeitura de Batalha cancela festa de Emancipação Política

A prefeita Marina Dantas decretou três dias de luto oficial

POR: Esmerino de Lima - Estagiário*
Batalha
Josival Meneses

A prefeitura do município de Batalha cancelou a festa de Emancipação Política da cidade devido a morte do vereador Tony Carlos Silva de Medeiros, de 34 anos, o Tony Pretinho (PR), na última sexta-feira (15). A prefeita Marina Dantas também cancelou a inauguração da feira de gado que aconteceria no Parque de Exposição Mair Guedes Amaral, no próximo sábado (23).

O clima na cidade ainda é tenso porque os moradores permanecem com medo de novos assassinatos. Pouco mais de um mês depois de o vereador Neguinho Boiadeiro ser executado ao sair de uma sessão na Câmara de Vereadores, Tony Carlos, o Tony Pretinho, também foi morto.

A prefeita Marina Dantas decretou três dias de luto oficial.  “A Prefeitura Municipal de Batalha decretou luto oficial por três dias, em razão do falecimento do vereador Tony Carlos Silva de Medeiros, representante de nossa população por dois mandatos junto à Câmara de Vereadores, conhecido popularmente como "Tony Pretinho", ocorrido na última sexta-feira 15 de dezembro de 2017. Manifesta o Governo Municipal grande pesar por sua prematura perda, expressando em nome de todos os batalhenses as condolências à família enlutada”.

Veja o caso
Na noite desta sexta-feira (15) mais um crime chocou os moradores de Batalha, município polo da região da Bacia Leiteira alagoana. Outro parlamentar foi brutalmente assassinado, um mês após o vereador Adelmo Rodrigues de Melo, 61 anos, mais conhecido como Neguinho Boiadeiro também teri sido morto.

Segundo informações, o veredor Tony Carlos Silva de Medeiros, 34, conhecido como Tony Pretinho, do PR, foi morto com vários tiros, por volta das 21h desta sexta-feira (15), enquanto estava na porta de sua residência, no Centro da cidade. Grande parte dos disparos atingiram a cabeça do vereador.

 

cancelamento Emancipação de Batalha prefeitura

Veja Também

Comentários