lixo contaminado

Hospital veterinário de maceió é flagrado fazendo descarte irregular

O órgão conta com um canal direto com o cidadão, a Central de Limpeza. As demandas podem ser informadas pelo 0800 082 2600 ou pelo WhatsApp 9 8802-4834.

POR: 7 Segundos, Secom Maceió
Clínica veterinária, no Barro Duro, descartava resíduos de forma irregular
Fiscalização Slum

Agentes da Superintendência de Limpeza Urbana de Maceió (Slum) flagraram um hospital veterinário no Barro Duro descartando irregularmente lixo contaminado na coleta domiciliar. A irregularidade foi registrada nesta quinta-feira (21) e os materiais encontrados eram agulhas, luvas, esparadrapos e gases.

De acordo com o Código Municipal de Limpeza Urbana, de 1994, lixo infectante e contagioso (lixo hospitalar) é categorizado como resíduo especial e deve ter uma destinação diferenciada.

O gestor da Slum, Davi Maia, explica como deve ser feito o descarte desses resíduos. “O descarte desses resíduos não pode ser feito no lixo comum, aquele domiciliar, por conta do risco que esse material tem para a sociedade. Nesse caso, uma empresa ambientalmente licenciada tem que ser contratada para fazer o recolhimento e a destinação correta do resíduo”, comentou.

Presenciou uma situação como essa? Denuncie

O maceioense também pode ser um fiscal da Slum. O órgão conta com um canal direto com o cidadão, a Central de Limpeza. As demandas podem ser informadas pelo 0800 082 2600 ou pelo WhatsApp 9 8802-4834. A Central funciona de segunda a sexta, das 8h às 17h.

fiscalização lixo contaminado

Veja Também

Comentários