boletim médico

Estado de saúde de mulher baleada por militar é grave, confirma HGE

Expedita da Silva, de 37 anos, foi atingida por sete tiros nas pernas, costas e braços

POR: 7Segundos
Mulher é baleada por policial militar
Reprodução WhatsApp

A mulher que foi atingida por sete tiros pelo marido, que é cabo da PM, segue em estado grave no Hospital Geral do Estado (HGE). A informação foi confirmada pela assessoria da unidade na manhã desta segunda-feira (22).

Expedita da Silva, de 37 anos, segue sedada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do HGE. Ela foi baleada nas pernas, costas e braços, na última sexta-feira (19), durante uma discussão dentro da residência do casal, localizada no condomínio Costa Norte, no bairro do São Jorge, em Maceió.  

Após o crime, o militar saiu gritando que havia matado a mulher e deixou o local em um veículo de placa não anotada.

Leia também
PM que atirou em esposa tem histórico de 'surto' na corporação; relembre o caso
Policial militar é suspeito de balear esposa durante 'surto psicótico' no São Jorge
Policial militar que surtou e capotou viatura recebe alta e é transferido para o presídio

estado de saúde militar mulher baleada

Veja Também

Comentários