Violência

Após assaltos, Ufal emite nota e cria grupo para debater segurança

POR: 7Segundos, com assessoria
Reitoria vai pedir ajuda à Polícia Militar após onda de assaltos na Ufal
Assessoria Ufal

Após o quarto assalto registrado dentro da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), localizada no bairro Cidade Universitária, ocorrido na noite dessa quarta-feira (28), a instituição de ensino resolveu se pronunciar através de nota, nesta quinta-feira (29), para esclarecer os fatos que vem acontecendo com frequência dentro da unidade.

De acordo com informações da polícia, um homem ainda não identificado entrou na Universidade pela entrada principal do Campus AC Simões, abordando uma professora, uma aluna e um ambulante que trabalha dentro do Campus e estavam próximos ao Centro de Educação (Cedu).

Confira a nota na integra

A Reitoria da Universidade Federal de Alagoas vem a público esclarecer os fatos lamentáveis que ocorreram ontem à noite no Centro de Educação. A professora, a estudante e o trabalhador que foram vítimas deste crime felizmente tiveram sua integridade física mantida. Foram subtraídos pertences das vítimas por um indivíduo que entrou no hall disfarçadamente, mas mostrou às vítimas que tinha uma arma de fogo. As filmagens das câmeras estão em análise para identificação do suspeito. 

Sabe-se da recorrência de assaltos na área interna da Universidade e a Reitoria já se reuniu com a Secretaria de Segurança Pública, com a Polícia Federal e está fazendo os ajustes internos com as equipes das empresas privadas no intuito de diminuir essas ocorrências. Além disso, um Grupo de Trabalho formado pela comunidade universitária está atuando na construção de uma política de segurança.

O Conselho Universitário (Consuni) reuniu-se no último dia 19 e debateu longamente a temática no sentido de construir soluções consensuadas pela comunidade universitária. Sabe-se dos números relacionados à violência no país e no estado e a Reitoria, como qualquer gestão responsável faria, considera estes dados para subsidiar o enfrentamento da questão. Ações emergenciais, portanto, estão em curso, tais como: aumento da quantidade de vigilantes, melhorias na iluminação e na capinação.

A gerência de Segurança da Ufal está em contato permanente com o Batalhão de Guarda que faz rondas nas proximidades do Campus. Foram disponibilizados dois números para a comunidade entrar em contato em caso de ocorrências: 99925-4302 / 3214-1089.

assaltos na Ufal nota Ufal universidade federal de alagoas

Veja Também

Comentários