SEM ACORDO

Peritos e médicos legistas paralisam atividades por 24h em Alagoas

Exames de corpo de delito são suspensos no IML de Maceió e Arapiraca

POR: Redação com assessoria
Peritos criminais e legistas paralisam atividades
Assessoria

Peritos criminais, odontolegistas e médicos legistas decidiram paralisar as atividades, por 24 horas, a partir dessa sexta-feira (13), em Maceió e Arapiraca. O Sindicato dos Peritos Oficiais de Alagoas (Sinpoal) e a Associação dos Médicos Legistas de Alagoas (AMLEAL) informam que não houve avanços junto ao governo do Estado, quanto às negociações. 

Segundo as entidades, a paralisação teve início às 22h30, seguindo até este sábado (14). A categoria, apesar de paralisada, mantém os 30% do efetivo trabalhando normalmente, em obediência à legislação. 

Desta maneira, durante esse período, os atendimentos dos chamados para locais de crime ocorrerão um a um. Ou seja, havendo dois homicídios, sai uma equipe para o procedimento e a segunda, para a outra ocorrência, somente com o retorno da primeira.

Ficarão suspensos os exames de corpo de delito e também será reduzido o serviço de necropsia no Instituto Médico Legal (IML) de Maceió e Arapiraca.

Arapiraca greve IML legistas Maceió peritos

Veja Também

Comentários