DETIDOS

Preso casal suspeito de torturar crianças com queimaduras e afogamentos

Lailah Mariah e Edson José foram presos por agentes da Delegacia de Crimes Contra Crianças e Adolescentes

POR: 7Segundos
Mãe e padrasto são suspeitos de queimar e torturar crianças
Reprodução/ Redes Sociais

Agentes da Delegacia de Crimes Contra Crianças e Adolescentes (DCCCA)  prenderam, nesta segunda-feira (4), o casal suspeito de maltratar cinco crianças  de 2, 3, 4, 6 e 7 anos com queimaduras e afogamentos em balde d'água, no último dia 3 de maio, em Maceió e em Viçosa.

De acordo com informações da delegada Adriana Gusmão, da DCCCA, Laila Mariah, de 22 anos, foi levada para a Delegacia de Viçosa, enquanto seu esposo e padrastro das crianças, Edson José da Silva, de 40, foi encaminhado ao Sistema Prisional de Maceió.

O caso

Uma denúncia do Conselho Tutelar, no dia 3 de maio, levou a polícia a abrir um inquérito contra mãe e padrasto de cinco crianças por maltratos. O casal é suspeito de maltratar os filhos e provocar ferimentos por queimaduras.

Conforme a denúncia, três das crianças, que têm 2, 3 e 4 anos, moravam com Lailah no Conjunto Denilma Bulhões, em Santa Amélia. As outras duas, de 6 e 7 anos, estavam na casa da vó materna  no município de Viçosa.

Em depoimento, a mãe confessou as agressões. As crianças foram levadas ao Instituto Médico Legal (IML), onde realizaram exame de corpo de delito.

Casal é preso Crianças maltratos Tortura

Veja Também

Comentários