Delegacia de Homicídios

Familiares de presidente da Mancha Azul assassinado começam a ser ouvidos

Depoimentos devem seguir nesta sexta-feira (24) na Delegacia de Homicídios

POR: Marcos Filipe Sousa
Gigante, presidente da Torcida Organizada Mancha Azul
Reprodução/Facebook

A equipe da delegada Rosimeire Vieira, da Delegacia de Homicídios iniciaram nesta quinta-feira (23) a coleta dos depoimentos de parentes e amigos de Genildo José, presidente da torcida organizada do CSA, Mancha Azul, assassinado na noite da última segunda-feira (20).

A delegada informou que até o momento, os familiares confirmaram que Genildo não tinha inimigos e era bem visto entre os torcedores do time. “Ainda não podemos detalhar a linha de investigação neste momento, só posso informar que estamos colhendo os depoimentos as pessoas mais próximas para conhecer o cotidiano da vítima”.

Genildo foi assassinado enquanto estava na Rua Formosa, no bairro da Ponta Grossa, em Maceió.

Imagens de um estabelecimento comercial filmaram o momento do crime, e segundo a delegada também deve auxiliar na investigação. Elas mostram o momento em que duas motos passam pelo cruzamento da rua e ficam uma ao lado da outra. Em seguida, Gigante aparece correndo de um outro homem, armado, que atira pelo menos três vezes.

O suspeito foge de moto, com a ajuda de um comparsa.

 

assassinado depoimentos família Gigante macha azul

Veja Também

Comentários