Eleições 2018

Marina vota no Acre e chama Bolsonaro de "risco imediato" à democracia

POR: 7Segundos
Marina Silva
Reprodução/Internet

Ao votar na capital do Acre hoje de manhã, a ex-candidata da Rede que surpreendeu com números humildes no primeiro turno, Marina Silva, não revelou em quem tinha votado, mas deixou claro que se manifesta contra o candidato do PSL por ele representar um risco à "defesa dos direitos humanos", "proteção do meio ambiente", "defesa dos grupos vulneráveis" e à "própria democracia". A política adiantou ainda que Haddad "pelo menos [...] não faz uma discussão odiosa contra índios, negros, contra o meio ambiente".

Candidata da Rede à Presidência chegou à zona eleitoral por volta das 9h20 no horário do Acre. Ela agradeceu os votos e disse que no segundo turno ficou em uma situação jamais imaginada.

Lembrando que antes a candidata já havia declarado “voto crítico” em Fernando Haddad.

eleições 2018 Fernando Haddad Marina Silva

Veja Também

Comentários