foice e martelo

TRE esclarece símbolo “comunista” em urna do Sistema Prisional

POR: Redação
Símbolos servem para identificar os locais de votação
Cortesia

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Estadual (MPE) foram acionados, na manhã deste domingo (28), para apurar uma denúncia de crime eleitoral na seção 491, localizada dentro do Presídio de Segurança Média Cirydião Durval, no Complexo Penitenciário de Alagoas. Segundo a denúncia, uma das urnas teria o símbolo de uma foice e martelo, características do símbolo utilizado por comunistas.

De acordo com a assessoria de comunicação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os símbolos são aleatórios e servem para identificar as urnas de cada local de votação.

O presidente do TSE-AL, José Carlos Malta Marques e o superintendente da PF-AL, Rolando Souza, foram até o local e  pediram a substituição de identificação do lote para evitar problemas. 

A ocorrência foi registrada pelo Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd).

Galeria de Fotos


complexo penitenciário Presídio de Segurança Média Cirydião Durval simbolo comunista urna

Veja Também

Comentários