Eleições 2018

PM garante tranquilidade durante votação em seções eleitorais de Alagoas

POR: Redação, com assessoria
Dupla de militares realizando a segurança em um local de votação de São Miguel dos Campos
Assessoria

Após encerramento da votação do 2º turno das eleições 2018 para escolha do presidente da República, realizado neste domingo (28), a Polícia Militar de Alagoas considera positivo o balanço das ações desencadeadas juntamente com os demais órgãos da Segurança Pública, garantindo assim, a tranquilidade da votação em todo estado. Apenas três ocorrências relacionadas ao pleito foram registradas pela corporação.

No município de Marechal Deodoro, região Metropolitana de Maceió, no início da tarde, a presença da PM foi solicitada pela juíza eleitoral Fabiana Marques após uma mesária ter feito uma postagem pelo celular e publicado o seu voto em uma rede social. Ela foi conduzida ao 17ª DP, sendo então confeccionado um TCO em seu desfavor com base no artigo 312 do Código Eleitoral (Lei 4737/65), que versa sobre ‘violar ou tentar violar o sigilo do voto’.

Em Maceió, no período da manhã, populares denunciaram a uma equipe da PM sobre uma possível fraude em uma das urnas destinadas para o Presídio de Segurança Média Cirydião Durval, no Complexo Penitenciário, a qual teria um símbolo similar ao utilizado por um dos partidos políticos que disputam às eleições para presidente da República.

Os policias levaram o caso até o TRE que esclareceu o episódio destacando que cada local de votação recebe um símbolo aleatório e que não há nenhuma ligação com o fato denunciado. A urna foi substituída e os símbolos trocados para evitar novas polêmicas.

Já em Santana do Ipanema, no interior do estado, o promotor de justiça Luiz Tenório decretou a prisão de uma vereadora que estava distribuindo lanches e brindes a eleitores, nas proximidades de um colégio da cidade. A mulher foi flagrada pelo integrante do Ministério Público com o carro cheio de presentes e com adesivos de um dos candidatos à presidência, sendo autuada em flagrante.

Segundo o TRE, foram registradas 84 ocorrências com urnas eletrônicas em todo o estado. Destas, precisando serem substituídas 62 urnas.

Eleições polícia militar segundo turno segurança

Veja Também

Comentários