Manifestação

Sindpol protesta contra falta de pagamento a terceirizados da Central de Flagrantes

Empresas que realizavam serviços de limpeza e alimentação suspenderam atividades por falta de pagamento

POR: Redação, com assessoria
Ato público com café da manhã em frente à Central de Flagrantes
Assessoria

O Sindicato dos Policiais Civil de Alagoas (Sindpol/AL) realiza, na manhã desta quinta-feira (6), uma manifestação com café da manhã, na frente da Central de Flagrantes I, no bairro do Pinheiro, em Maceió.

O prostesto deve-se a falta de pagamento das empresas terceirizadas que prestam serviços ao governo, na área de limpeza e fornecimento de alimentação para os presos nas delegacias.

De acordo com informações repassadas à imprensa, o governo não está repassando os pagamentos das empresas terceirizadas, causando a falta de higienização nas delegacias, celas e de cozinheiros, que fazem a comida dos presos.

O presidente do Sindpol, Ricardo Nazário, alerta que a situação está gerando graves transtornos para os presos e seus familiares, prejudicando toda a categoria de policiais civis.

"Desde segunda-feira, o pessoal que faz a parte da limpeza e cozinha para os presos deixaram de trabalhar. A empresa deu férias coletivas para os terceirizados porque o governo não repassou o pagamento. Já tem quatro meses de pagamentos atrasados. E também há outra empresa terceirizada que fornece o café da manhã dos presos na capital, essa empresa também suspendeu os serviços [sic]", informou Ricardo Nazário.

Galeria de Fotos


ato público café da manhã Central de Flagrantes Sindpol

Veja Também

Comentários