Mesmo aos pedacinhos

Em rede social, Renan Calheiros pede a liberdade do ex-presidente Lula

Senador eleito chamou o encarceramento do ex-presidente de medieval

POR: 7Segundos
Lula e Renan durante discurso na cidade de Penedo
Beto Marcario

O senador eleito por Alagoas, Renan Calheiros, utilizou uma de suas redes sociais nesta quarta-feira (26) para defender a soltura do ex-presidente Luiz Inácio ‘Lula’ da Silva.

No Twitter, Calheiros, pediu que Lula fosse solto inteiro, mesmo que por etapas, dirigindo a mensagem aos defensores do encarceramento, que foi considerado por ele como medieval, não devido as instalações da Polícia Federal de Curitiba, mas por considerar que o ex-presidente é mantido preso, mesmo sem provas de que teria cometido qualquer crime.

O senador ainda continuou a defesa de Lula, com uma mensagem forte, onde disse ser melhor libertar o ex-presidente, aos pedações, esquartejado, do que continuar a submetê-lo ao cárcere.

Poderiam libertar o Lula aos pouquinhos, primeiro liberando a perna, depois um braço, noutro dia o joelho... Mesmo esquartejado, trucidado, quem sabe salgado e com pedaços expostos em praças públicas – mas pelo menos soltavam Lula, seria bem melhor do que isso que estão fazendo com ele”, concluiu Renan.

Calheiros terminou a publicação lembrando que deixará de ser frequente na rede social ao final de suas férias e início de seu novo mandato como senador, concluindo a postagem utilizando a hashtag ‘Lula Livre’, utilizada por manifestantes que pedem a liberdade do ex-presidente.

Lula Lula livre Polícia Federal Renan Calheiros Twitter

Veja Também

Comentários