Após Polêmica

Oscar 2019 pode não ter apresentador, segundo revista

Premiação acontece no dia 24 de fevereiro

POR: R7.com
Kevin Hart foi demitido depois de polêmica envolvendo homofobia
Reprodução/Getty Images

O Oscar 2019 pode não ter nenhum apresentador fixo, segundo a revista Variety. Depois da demissão polêmica com o humorista Kevin Hart, que postou comentários ofensivos nas redes sociais, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas está pensando em uma nova forma de apresentar a cerimônia.

Fontes contaram à publicação que os produtores estão selecionando estrelas e artistas para apresentar os seguimentos pré-gravados e intercalar com apresentações musicais entre a entrega dos prêmios. Os responsáveis estão correndo para conseguir preparar tudo, já que premiação acontece no dia 24 de fevereiro. A categoria de Melhor Trilha Sonora pode render boas apresentações, como Lady Gaga, em Nasce Uma Estrela e Kendrick Lamar, responsável pela trilha de Pantera Negra.

A publicação reforça também que nenhum outro comediante foi sondado depois da demissão de Kevin Hart, que reforçou que não vai apresentar a Cerimônia em entrevistas recentes. Segundo fontes, a Academia até considerou recontratar o humorista caso ele usasse a entrevista com Ellen Degeneres de forma positiva.

Porém, na conversa ele afirmou que era uma vítima de haters da internet ao invés de pedir perdão pelos comentários que fez. Ellen também fez uma campanha em favor de Hart e chegou a dizer que tinha conversado com pessoas dentro da Academia para que ele tivesse uma segunda chance, mas a entrevista não rendeu da forma que eles esperavam e Ellen foi alvo de críticas nas redes sociais.

O Oscar só ficou sem apresentador uma vez, em 1989, e não foi considerada uma boa cerimônia. Na época, o produtor Allan Carr e o diretor Jeff Margolis criaram uma sequência musical de 11 minutos no lugar do monólogo de abertura.

Essa pode ser tanto uma experiência boa para a Academia, quanto uma decisão arriscada. O Oscar 2018 foi o menos visto da história, com cerca de 26,5 milhões de espectadores e uma queda de 19% em relação ao Oscar 2017, que teve o infame episódio da troca de cartões do vencedor de Melhor Filme, consagrando Moonlight o campeão da noite.

apresentador destaque filmes Oscar 2019 Polêmica premiação

Veja Também

Comentários