Levantamento

Alagoas teve mais de R$ 180 mil falsificados e apreendidos em 2018

De acordo com o Banco Central foram 2.969 cédulas falsas tiradas de circulação no estado

POR: 7Segundos
Em sua maioria as notas falsas tiradas de circulação eram de R$ 100 e R$ 50
Reprodução

No ano passado, foram retiradas de circulação em Alagoas R$ 182.650 em notas falsificadas, segundo um levantamento do Sistema de Administração do Meio Circulante (Sismecir) do Banco Central.

De acordo com os dados, foram apreendidas ao longo do ano, 2.969 cédulas falsas em sua maioria de R$ 100 e R$ 50.

No Brasil o número foi de 438.020 cédulas irregulares. Deste, 0,7% corresponde ao estado alagoano. O maior volume de cédulas falsificados apreendidas foi registrado em São Paulo (149.430). Já Amapá ficou na última colocação no levantamento, por ter apresentado o menor número de cédulas falsas, com 195 unidades.

Na região Nordeste, a Bahia lidera o ranking de dinheiro falsificado, com 21.063 unidades retiradas de circulação em 2018. Na sequência aparecem Pernambuco (11.397), Ceará (8.868) e Rio Grande do Norte (4.470). Sergipe foi o estado da região com o menor número de cédulas falsificadas, com 2.103 unidades.

De acordo com o Código Penal, falsificar dinheiro é crime federal, com pena que varia de 3 a 12 anos de prisão. Quem coloca nota falsa em circulação, sabendo que ela não é verdadeira, pode ser sentenciado de 6 meses a 2 anos de detenção.

Alagoas Banco Central do Brasil Brasil cédulas falsificadas e apreendidas Levantamento ranking

Veja Também

Comentários