Previdência

Reforma será enviada com proposta para militares no 1º semestre, confirma Mourão

Questionado sobre se o envio dos dois textos seria simultâneo, ele afirmou não saber

POR: Uol
General Hamilton Mourão
Divulgação

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou nesta quarta, 30, que a proposta da reforma da Previdência que o governo enviará para o Congresso ainda neste ano incluirá os militares. De acordo com Mourão, o governo pode enviar uma proposta de emenda constitucional e um projeto de lei para abarcar os militares ainda no primeiro semestre deste ano. Questionado sobre se o envio dos dois textos seria simultâneo, ele afirmou não saber. "O presidente decide", disse.

O vice-presidente afirmou ainda que a expectativa do governo com o início dos trabalhos do Congresso é "a melhor possível" e que a renovação dos parlamentares é positiva.

"Expectativa é a melhor possível. Houve renovação grande. Acreditamos que a força dos novos vai favorecer aí esse entendimento do Congresso com as responsabilidades que eles tem perante o Brasil", disse.

Questionado sobre o favoritismo do atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que busca a reeleição, e do senador Renan Calheiros (MDB-AL), que já comandou o Senado, e o fato de eles serem antigos no Congresso, Mourão apenas respondeu: "vou usar uma expressão em inglês. 'Welcome aboard' para os dois. Bem-vindos aos dois". Mourão deverá participar da primeira sessão legislativa na próxima segunda-feira, 4.

Bolsonaro

Mourão contou que pretendia visitar o presidente Jair Bolsonaro, internado no hospital Albert Einstein em São Paulo, na sexta-feira, 1º. Mas, disse, a família pediu que ele fosse somente na semana que vem. Bolsonaro passou por uma cirurgia na última segunda, 28, para a retirada de uma bolsa de colostomia. Ele reassumiu a Presidência da República nesta manhã de quarta, mas está despachando do hospital.

Agenda

Mourão se reuniu com o ministro da Secretaria de Governo, Santos Cruz, nesta tarde. O encontro não estava previsto em sua agenda oficial. De acordo com ele, os dois trataram apenas sobre processos de nomeações nos Estados. O vice-presidente não detalhou que tipos de nomeações foram discutidas. Questionado como elas seriam feitas afirmou que serão "tudo, menos um balcão de negócios".

congresso Hamilton Mourão militares proposta reforma da previdência

Veja Também

Comentários