reajuste e promoções

Prazo dado ao Estado por cabos e soldados acaba nesta sexta-feira (22)

Categoria que reabrir negociações sobre reajuste salarial e promoções

POR: 7Segundos
Categoria quer reabrir o diálogo com o Governo
Assessoria

Termina nesta sexta-feira (22) o prazo dado pela Associação dos Cabos e Soldados de Alagoas (ACS-AL) ao Governo do Estado para iniciar uma negociação do reajuste salarial e as promoções da categoria.

Na semana passada, a entidade já havia emitido uma nota à imprensa, informando da situação e a tentativa de reabrir o diálogo. Wellington Pereira, presidente da ACS, informou que amanhã, deverá ocorrer uma assembleia para definir as próximas ações.

Pereira informou que não há nada concreto, mas entre as possibilidades está uma paralisação que pode ocorrer no Carnaval. “Tudo vai depender dessa assembleia”.

Leia a nota emitida pela entidade:

A diretoria da Associação de Cabos e Soldados em Alagoas (ACS/AL) vem através desta nota repudiar a falta de comprometimento do Governador Renan Filho com os acordos firmados em meio a diversas reuniões realizadas desde agosto de 2018.

Mantivemos contato com secretário de Segurança, Coronel Lima Júnior, por diversas vezes e mesmo assim não surtiu efeito porque o Governador está enrolando o secretário e os nossos militares. A falta de compromisso do Governo é tanta que desde agosto não cumpriu com nada do que foi acordado.

A ACS Alagoas já entrou com um documento para o nosso representante legal na Assembleia Legislativa, Deputado Estadual – Cabo Bebeto, pedindo para que o nosso parlamentar seja o mediador das negociações junto ao Governador Renan Filho.

Nossos militares, por quatro anos, levaram o Governo Renan Filho nas costas. Estamos no dia a dia diminuindo o índice de violência no Estado e trabalhando arduamente para proteger os alagoanos e alagoanas. Estamos atuando nos programas do Governo mesmo sem valorização, pois estamos doando nossa folga para melhorar o nosso salário e mesmo assim somos apunhalados pelas costas.

Já estamos cansados e desmotivados com as atitudes voltadas com a nossa classe militar. Chega, governador! Respeite-nos e valorize a nossa profissão como merecemos. Não somos máquinas de fazer números e estatísticas, somos homens e mulheres de carne e osso e que precisamos de dignidade para sobreviver.

Onde está sua palavra no acordo firmado com o nosso reajuste salarial e com nossas promoções? Onde está a sua palavra no cumprimento com a verba de uniforme que foi paga hoje, apenas para os soldados e cabos, sem o devido reajuste para os mesmos, e sem incluir os sargentos e oficiais como foi acertado com o Governo? Onde está sua palavra na garantia do reajuste da nossa verba de alimentação e no reajuste das especializadas? Onde está o senhor Governador que foge sempre dos nossos pedidos de ter uma reunião e saber se o seu governo irá mesmo cumprir com os acordos que pedimos?

Não tendo respostas e muito menos o compromisso com a categoria militar, a partir de hoje vamos realizar várias ações contra o descaso do senhor Governador do estado de Alagoas, Renan Filho. Iremos decretar a partir de agora a “Operação Vampeta”.

Atenciosamente, ACS Alagoas.

Alagoas cabos paralisação PM promoções reajuste salários Soldados

Veja Também

Comentários