pós-tragédia

Batalhão de Policiamento Escolar reforça ações após tragédia em Suzano

Vinte novos agentes começam a trabalhar a partir desta quinta-feira (14)

POR: Marcos Filipe Sousa
Vinte novos agentes começam a trabalhar no Batalhão Escolar
Ascom PM/AL

Após a tragédia ocorrida na cidade de Suzano, em São Paulo, despertou em todo o país a preocupação dos pais em deixarem seus filhos nas escolas. A partir desta quinta-feira (14), o Batalhão de Policiamento Escolar contará com um reforço.

De acordo com o subcomandante, Major Bandeira, vinte novos agentes atuarão com a atual equipe. O militar informou que o batalhão reforçará sua atuação que já acontece nos três turnos, em todos as escolas estaduais e municipais.

Os turnos são formados por um supervisor e mais quatro guarnições.

Nas escolas da capital

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) informou que a segurança nas escolas da capital é realizada através de videomonitoramento, além da parceria com o Batalhão Escolar e a Guarda Municipal.

A Semed também lembrou que nas áreas consideradas violentas há um guarda municipal presencial na unidade escolar.

Alagoas batalhão escolar Escolas segurança Suzano

Veja Também

Comentários