Política

Cibele Moura e bancada feminina discutem no TJ combate à violência contra a mulher

Deputadas se reuniram com presidente Tutmés Airan a quem pediram ampliação do atendimento às mulheres no interior do Estado

POR: Assessoria
Cibele Moura e bancada feminina discutem
Assessoria

A deputada estadual Cibele Moura (PSDB) participou, nesta quinta-feira (4), de reunião com o presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), Tutmés Airan. No encontro, do qual participaram deputadas integrantes da Frente Parlamentar em Defesa da Mulher na Assembleia Legislativa Estadual (ALE), foram discutidas ações de enfrentamento da violência doméstica no Estado. As deputadas pediram o apoio do TJ para ampliar o atendimento no interior. Defenderam, para tanto, a regionalização de Juizados especializados nas comarcas. 

“Foi muito positiva essa reunião porque com o apoio do Tribunal de Justiça conseguiremos avançar nas ações de proteção às mulheres e no combate à violência. A bancada feminina está muito unida e vamos conseguir fortalecer a rede de enfrentamento da violência, não tenho dúvida. O Poder Judiciário tem papel importantíssimo nesse contexto. Vamos buscar também o apoio de outros poderes”, afirmou Cibele. 

Ela lembrou que na Assembleia já protocolou projetos de lei e indicações voltados para a proteção da mulher e o combate aos índices de violência. É o caso do Projeto de Lei nº 28/2019 determina a obrigatoriedade da divulgação da Central de Atendimento à Mulher - Ligue 180 e do Serviço de Denúncia de Violações aos Direitos Humanos - Disque 100 nos estabelecimentos de acesso público que especifica. 

Tutmés Airan informou que a ideia de regionalizar o atendimento é viável. “O Juizado da Mulher de Arapiraca, por exemplo, atenderia também as comarcas vizinhas. Outras unidades poderiam ser instaladas em Santana do Ipanema e Porto Calvo. Aí a gente montaria uma rede”, explicou o desembargador por meio de sua assessoria.

Assembleia cibelemoura defesadamulher violência

Veja Também

Comentários