Abraço Solidário

Arquidiocese realiza Abraço Solidário nos bairros do Pinheiro, Mutange e Bebedouro

A concentração da peregrinação acontece às 5h na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Bom Parto

POR: Assessoria
Arquidiocese de Maceió realiza Abraço Solidário nos bairros do Pinheiro, Mutange e Bebedouro
Cortesia

“Aconteça o que acontecer, estaremos aqui”. Esta é a mensagem que o Arcebispo de Maceió, Dom Antônio Muniz, quer passar para todos os moradores dos bairros do Pinheiro, Mutange e Bebedouro com a realização do “Abraço Solidário” no próximo dia 15.

O chefe da Igreja Particular está convocando além dos movimentos e pastorais católicos, toda população para apoiar as comunidades que estão sendo atingidas pelo fenômeno das rachaduras e deslocamento do solo.

“Estamos vivendo um tempo de guerra de informações provocando no povo incertezas. Oportunistas da ordem política, salvadores da pátria ou os que ficam calados do ponto administrativo. Eles estão se sentindo jogados, num vácuo. Isso é muito triste”, disse.

O objetivo também é trazer conforto para essas famílias. “Vamos preencher essa incerteza com a certeza de que Deus é por nós, que Ele está conosco e nos ajudará a recobrar o ânimo e a coragem”.

A concentração da peregrinação acontece às 5h na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Bom Parto, no bairro de mesmo nome, subindo em direção ao bairro do Pinheiro. “Teremos uma estação da Via-Sacra na Igreja Batista do Pinheiro. Será um gesto ecumênico com a participação dos nossos irmãos evangélicos. Todas as igrejas estão sendo convidadas”.

Depois a caminhada segue em direção ao Sanatório, depois para o bairro do Bebedouro onde encerra na Praça Lucena Maranhão, em frente à Igreja Matriz de Santo Antônio de Pádua, com a celebração da missa e um café de confraternização.

“Chamamos a todos de boa vontade, os irmãos de outras denominações religiosas, aqueles que lutam pela vida, para que se unam a nós. Tantas outras já estão em oração conosco, como a Luterana, Batista, Jesus Cristo dos Santos dos Últimos dias, Assembleia de Deus, Comunidade Sarah. Não é uma procissão, mas uma caminhada, onde levaremos a Cruz de Nosso Senhor Jesus Cristo. Unindo todos aqueles que acreditam no valor da vida e da solidariedade”, colocou o Arcebispo.

AbraçoSolidário Bebedouro Mutange Pinheiro

Veja Também

Comentários