SÃO JOÃO

São João da Prevenção inicia com ações nos ensaios das quadrilhas

POR: Secom Maceió
Profissionais orientaram jovens durante ensaio da quadrilha Luar do Sertão
Assessoria

Com a proximidade da festa mais esperada do Nordeste, orientar sobre a prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis  é fundamental. Por isso, a Gerência de IST/HIV/Aids e Hepatites Virais iniciou o São João da Prevenção durante os ensaios da quadrilha junina Luar do Sertão, nesse domingo (26).

As ações educativas seguem até o dia 29 de junho nos ensaios e concurso das quadrilhas juninas e no São João de Maceió. Os participantes dos ensaios de quadrilhas juninas contarão com oferta de testes rápidos para HIV, Sífilis e Hepatites B e C e orientações. As atividades acontecem em parceria com a Liga de Quadrilhas Juninas de Alagoas (Liqal) e visa proporcionar aos jovens o acesso à informações sobre saúde dos brincantes de quadrilhas.

“A meta 90-90-90 diz que as populações HSH [Homens que fazem sexo com outros homens], gays, travestis, transexuais e jovens são o público prioritário, assim ela prevê que 90% sejam testados, os diagnosticados com HIV sejam 90% tratados e 90% tenha boa adesão ao tratamento. E a parceria com a Liqal proporcionou uma aproximação do serviço de saúde junto a este segmento que acessa pouco as unidades de saúde”, explica Teresa Carvalho, gerente de IST/HIV/Aids e Hepatites Virais da SMS.

O São João da Prevenção seguirá durante as noites e finais de semana nas demais quadrilhas. Durante o período do concurso (16 a 19 de junho) será montado o Balcão da Prevenção, no Ginásio do Sesi, para orientação sobre prevenção às ISTs e Aids, além da disponibilização de insumos de prevenção.

A campanha também levará prevenção ao público presente no São João de Maceió. Por isso, de 20 a 29 de junho, o balcão da prevenção será instalado na Praça Marcílio Dias, em Jaraguá.

Parada LGBTI 2019

Nesse domingo (26), o Balcão da Prevenção esteve presente também durante a Marcha  LGBTI 2019. A ação esclareceu  dúvidas sobre prevenção, tratamento pré e pós-exposição ao risco de contrair o HIV (PrEP e PeP) e disponibilizou preservativos e gel lubrificantes.

Como o público LGBTI está inserido no grupo prioritário para as ações de prevenção, o trabalho tem um caráter de continuidade, como explica Teresa Carvalho. “Com isso, se faz necessário investimentos em ações educativas, orientações, disponibilização de insumos de prevenção e oferta de testes. Havendo diagnóstico reagente, encaminhamento ao tratamento, vinculação do usuário ao serviço e acompanhamento sistemático para garantir a adesão e supressão da carga viral, quebrando a cadeia de transmissão do vírus HIV”.

Durante o evento foram distribuídos no balcão da prevenção 7,2 mil preservativos e 5 mil sachês de gel. A ação aconteceu em parceria com a ONG Pró Vida, Grupo Gay de de Maceió e demais organizações que lutam pelos direitos sociais e pleno exercício da cidadania da comunidade LGBTI.

ensaio Quadrilha são joão

Veja Também

Comentários