Investigações

Polícia mira milícia de Orlando Curicica; PM ligado ao caso Marielle é alvo

Ferreirinha é suspeito de prestar um falso testemunho com objetivo de obstruir a investigação do assassinato

POR: Uol Notícias
Marielle Franco, vereadora do PSOL
Renan Olaz/Câmara Municipal do Rio

A Polícia Civil do Rio cumpre hoje mandados contra 21 suspeitos de integrarem a milícia de Orlando Oliveira de Araújo, conhecido como Orlando Curicica. Entre eles, está o policial militar Rodrigo Jorge Ferreira, conhecido como Ferreirinha, alvo de mandado de prisão preventiva.

Ferreirinha é suspeito de prestar um falso testemunho com objetivo de obstruir a investigação do assassinato da vereadora carioca Marielle Franco (PSOL-RJ) e do motorista Anderson Gomes. Segundo a Polícia Civil, a ação desta sexta-feira é referente a dois inquéritos, sendo que um deles teve origem nas investigações do duplo assassinato.

A Justiça Estadual do Rio de Janeiro expediu mandado de prisão contra o policial militar no âmbito da Operação "Entourage", realizada pelo MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) em conjunto com a Polícia Civil. A advogada Camila Nogueira afirmou ao UOL que vai apresentar o PM a agentes da DH (Delegacia de Homicídios da Capital); o local não foi informado. A Polícia Civil esteve na casa da advogada, na zona sul da capital fluminense, procurando pelo PM.

Marielle Franco milícia rio de janeiro

Veja Também

Comentários