atlas da violência

Violência contra LGBT+ somam mais de 200 casos em AL nos últimos anos

Pesquisa inédita do Ipea traz números específicos de cada estado

POR: Marcos Filipe Sousa
Pesquisa inédita traz panorama dos últimos anos no Estado
Ilustração

O Atlas da Violência 2019 trouxe na publicação desta quarta-feira (05)  seção inédita que aborda a questão da violência contra a população LGBTI+. Nos últimos seis anos, Alagoas registrou 209 denúncias de violência contra essas pessoas.

O estudo tomou como base denúncias registradas no Disque 100, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), e dos registros administrativos do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), do Ministério da Saúde.

No estado o ano com mais denúncia foi em 2012 com 63, caindo pela metade em 2017 para 30. Já os casos de lesão corporal somaram 64 nos últimos anos, de homícidios foram 11.

O Ipea ressalto à invisibilidade do problema sob o ponto de vista da produção oficial de dados e estatísticas, como números do IBGE, e as polícias que em geral, nos registros de violência, também não fazem qualquer classificação da vítima segundo a orientação sexual, assim como não existe tal característica nas declarações de óbito. 

Alagoas Atlas LGBT população violência

Veja Também

Comentários