vergonha

Fiz um erro de julgamento sobre Moro, diz José Padilha, diretor de 'O Mecanismo'

Cineasta diz que 'incluiria conversa de Moro e Dallagnol' em série inspirada na Lava Jato, critica 'atitude estúpida' de juiz da operação

POR: BBC News
O diretor José Padilha diz que retrataria de maneira diferente o personagem inspirado em Moro na série 'O Mecanismo', da Netflix, baseada na Lava Jato
Getty Images / BBC News Brasil

À luz da divulgação das polêmicas mensagens trocadas entre acusadores e magistrados da Lava Jato, o cineasta José Padilha disse que sua visão sobre a operação mudou e que teria retratado o juiz Sergio Moro de forma diferente em sua série O Mecanismo, da Netflix, inspirada nas investigações, se tivesse as informações que tem hoje.

No entanto, embora afirme que "cometeu um erro de julgamento" sobre Moro (a quem já chamou de "samurai ronin", em alusão elogiosa, segundo suas próprias palavras, à "independência política que balizava sua conduta") e a Lava Jato, o cineasta diz que sua visão sobre o ex-presidente Lula e outros políticos investigados pela operação não mudou. "Considero o ex-presidente Lula um picareta. Qualquer pessoa razoável não consegue fingir que Lula é honesto", disse, em entrevista à BBC News Brasil.

Em diálogos atribuídos ao hoje ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e a Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, publicados pelo site The Intercept Brasil, o então juiz federal teria dado instruções à Procuradoria, sugerido mudanças nas fases da investigação e antecipado decisões - coisas que, para juristas ouvidos pela BBC News Brasil, contrariam o Código de Processo Penal, a Lei Orgânica da Magistratura e mesmo a Constituição Federal.

Após a publicação das supostas mensagens, Moro se defendeu dizendo que "não há nada demais" nas conversas vazadas.

Padilha disse ainda não ter dúvidas de que o juiz "cometeu um monte de erros" e que vê a operação Lava Jato como "um embate entre um juiz e alguns procuradores justiceiros e uma quadrilha de políticos corruptos". Diz também que a atitude de Moro de "ajudar a acusação" é "claramente estúpida" porque "juízes devem ser neutros" e porque "as evidências eram muito claras".

Sua série O Mecanismo, que tem um personagem, o juiz Paulo Rigo (Otto Jr), inspirado em Moro, teve a segunda temporada lançada pela Netflix neste ano. A terceira temporada ainda não foi confirmada.

Arrependimento José Padilha Moro

Veja Também

Comentários