decisão

MPE recorre de decisão que liberou divisão de lucros da Braskem

Entrada do recurso ocorreu nesta terça-feira (18) no Supremo Tribunal de Justiça

POR: Marcos Filipe Sousa
Alfredo Gaspar
.

O procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Medonça, confirmou em entrevista ao Programa Na Mira da Notícia desta terça-feira (18) que o Ministério Público do Estado (MP-AL) recorreu hoje no Superior Tribunal de Justiça (STJ) da decisão que liberou a distribuição dos lucros da Braskem para os acionistas.

"O que ela [Braskem] fez algo criminoso. Milhares de pessoas estão no prejuízo", disse. Gaspar relembrou que além da recuperação judicial da Odebracht, empresa que administra a mineradora em Alagoas, a Braskem tentou ser vendida a um grupo holandês que acabou não ocorrendo.

"Há uma demora em dar satisfação e transparência nas informações. Nossa angústia e dos defensores públicos são com essas respostas que não chegam. As pessoas não precisam morrer para receber aquilo que lhe é de direito" colocou.

A Justiça Federal liberou a divisão de mais de R$ 2 bilhões de lucro da Braskem de 2018 para acionistas. Antes, a Justiça Estadual havia bloqueado a quantia que poderia ser usada futuramente para o pagamento de idenizações.

ação Braskem divisão lucros MPE

Veja Também

Comentários