tecnologia

TJ de Alagoas compartilha avanços na área de TI

Virtualização e agendamento de videoconferências foram destaque em evento que reuniu, em Maceió, profissionais da área de tecnologia

POR: DICOM TJAL
Presidente Tutmés Airan falou sobre a importância de os Tribunais investirem em tecnologia.
Adeildo Lobo

Experiências do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) na área de tecnologia da informação foram apresentadas durante evento que reuniu profissionais de TI de empresas públicas, em Maceió. A abertura do encontro, nesta quinta-feira (4), contou com a presença do presidente da corte, Tutmés Airan.

“O TJ de Alagoas tem investido cada vez mais em tecnologia da informação. Essa é uma tendência das cortes de Justiça e algo que traz muitos benefícios”, destacou o desembargador.

A virtualização processual e a criação do Simavi - Sistema de Agendamento de Videoconferências foram algumas das experiências compartilhadas pelo diretor de tecnologia do TJAL, José Baptista Neto.

“Desde outubro de 2014 o Tribunal de Justiça de Alagoas não recebe mais processos físicos. A virtualização trouxe mais economicidade e agilidade à prestação jurisdicional”, ressaltou.

Em relação às videoconferências, o diretor afirmou que Alagoas é referência em todo o país. O Simavi, lançado pelo TJAL em 2016 e que permite às unidades judiciárias agendarem audiências virtuais com réus presos, já auxilia as cortes do Ceará, Acre, Amazonas e Rio Grande do Norte.

“Mais de 10.000 audiências já foram marcadas por meio da ferramenta em Alagoas”, destacou José Baptista, que falou ainda sobre o uso do whatsapp como meio de citação e intimação das partes e sobre a Secretaria de Processamento Unificado (SPU), implantada em 2018 para dar cumprimento aos despachos e decisões judiciais no estado.

avanços novidades tecnologia TI TJAL

Veja Também

Comentários