famosos

'Tem horas que dá vontade de parar e ser uma pessoa ruim', desabafa Carlinhos Maia após polêmica

Influenciador se defendeu de críticas por gravar story de morador de rua dormindo: 'Só achei o cara bonitão'

POR: Estadão
Influenciador se defendeu de críticas por gravar story de morador de rua dormindo
Reprodução

Após se envolver em uma polêmica ao gravar um morador de rua durante sua viagem a Nova York, Carlinhos Maia postou novos stories em sua conta no Instagram na noite de quinta-feira, 11, se defendendo da repercussão de sua atitude e das críticas que vinha recebendo.

"Eu virei Trending Topics [um dos assuntos mais comentados do Twitter] porque eu filmei um mendigo, elogiando o mendigo porque parecia um ator! Olha o que virou Trending Topics!", desabafou Maia.

Carlinhos publicou os vídeos ao lado de um professor e uma ex-moradora de rua auxiliada pelo projeto Soulphia ( para conhecer mais), que insere mulheres no mercado de trabalho nos Estados Unidos. "Há dois anos eu divulguei esse cara", afirmou o influenciador.

"Olha a ironia do destino: me criticaram porque eu filmei um mendigo, elogiando o mendigo, dizendo que eu tava comparando com o Brasil. Não comparei p*** nenhuma, só achei o cara bonitão, parecia um ator. E vocês não sabiam desse projeto que a gente já ajudava por trás", garantiu Carlinhos Maia.

Na quarta-feira, 11, Carlinhos gravou um morador de rua que estava dormindo no chão e comentou: "Olha as pessoas da rua, como são diferentes, ó, impressionante. Até isso é diferente, pessoal. Parece um ator, gente!". Ele ainda fez outra piada conversando com um amigo em um momento distinto: "Sabe o que é mais impressionante? Estados Unidos é tão chique, tão chique, que até o mendigo fala inglês, né?"

Carlinhos Maia deu a entender que o encontro já estava marcado antes mesmo da polêmica envolvendo o morador de rua no dia anterior: "Parece que a maldade é tão grande que uma coisa tão pequena acontece um dia antes pra tentar atrapalhar isso aqui. Eu não vou parar de ajudar as pessoas. Não vou parar de brincar. Não vou parar de filmar."

"Isso não é marketing! Vocês vão dizer que é marketing. Meu Deus, se não tiver satisfeito com isso aqui que eu faço, tira esse monte de números, não quero mais não, Senhor, pode tirar. Não quero isso pra minha vida, não. Podem deixar de me seguir, tudinho. Podem seguir esse povo, tudinho, essas páginas do mal. Tô cansado, tô cansado", continuou, em outro momento.

'Tem horas que dá vontade de parar e ser uma pessoa ruim, mesmo'

Carlinhos ainda contou não estar contente com a repercussão de suas atitudes nas redes sociais: "Eu tô cansado de usar isso aqui pra transformar vidas, e parece que eu tô fazendo uma coisa ruim por ser eu. [...] Tem horas que dá vontade de parar e ser uma pessoa ruim, mesmo, sabe, porque falam tanto que eu sou ruim, p***! E eu sei que não sou!".

Por fim, Maia continuou seu desabafo: "É, meu Deus... Me taxam de preconceituoso eu sendo gay. Me taxam dizendo que tenho preconceito com negros, minha mãe sendo negra. Sabe o que é mais f***? Como existe tanta gente do mal, assim?"

Carlinhos Maia críticas redes sociais

Veja Também

Comentários