TÉCNICO EM RADIOLOGIA

Profissionais questionam salário oferecido no PSS do Hospital da Mulher

Certame não atrai candidatos para o cargo de técnico de radiologia

POR: 7Segundos
Técnico em Radiologia
Divulgação

Antes mesmo de ser realizado, o Processo Seletivo Simplificado Curricular (PSSC) para a contratação temporária de profissionais e cadastro reserva para o Hospital da Mulher, em Maceió, está gerando desconforto para candidatos ao cargo de técnico de radiologia.

Em contato com o 7Segundos, na manhã desta quarta-feira (17), um técnico de radiologia – que preferiu não ter a identidade divulgada - informou que o edital desrespeita o salário da categoria. Além de oferecer remuneração de R$ 1.179,19 - abaixo do piso, sem nenhum critério técnico ou legal que o justifique, também foi estabelecido uma carga horária de trabalho superior, de 30 horas semanais.

“Nós técnicos de radiologia ficamos frustrados ao ver que o edital do PSS do Hospital da Mulher consta salário menor que a base do técnico que é dois mínimos, mais 40%. Além disso, a carga horária informada é maior que a nossa, que por lei é de 24 horas semanais. Exigimos a revisão deste edital. Isso é uma falta de respeito com a categoria”, disse.

A reportagem contatou a assessoria de comunicação da Secretaria Estadual de Saúde de Alagoas (Sesau), que explicou por meio de nota que a remuneração destinada aos cargos disponibilizados para o processo seletivo simplicado da unidade é equivalente ao valor inicial de cada carreira dos profissionais que já atuam nas unidades de saúde mantidas pelo Governo do Estado, conforme especificação de cada plano de carreira. 

Hospital da Mulher PSS Técnico em Radiologia

Veja Também

Comentários