justiça

Acusado de tentar matar por boné é condenado a 4 anos de reclusão em regime aberto

O crime ocorreu em julho de 2016, quando José Benedito vendeu um boné a Adevan Davi de Oliveira, por R$ 5, no Centro de Maceió

POR: Assessoria
Júri popular foi realizado no Fórum de Maceió, no Barro Duro.
Arte: Dicom

O réu José Benedito da Silva Gomes foi condenado a quatro anos de reclusão, em regime inicialmente aberto, pela tentativa de homicídio contra Adevan Davi de Oliveira. O julgamento ocorreu nessa terça-feira (16), no Fórum de Maceió.

Os jurados rejeitaram o pedido de absolvição feito pela defesa e condenaram o réu por tentativa de homicídio qualificado pelo motivo fútil. O júri foi conduzido pelo juiz Sóstenes Alex Costa de Andrade, titular da 7ª Vara Criminal da Capital.

O crime ocorreu em julho de 2016, quando José Benedito vendeu um boné a Adevan Davi de Oliveira, por R$ 5, no Centro de Maceió. Após a venda, o réu, que estava embriagado, pediu o item de volta, o que gerou uma discussão com Adevan, que acabou sendo surpreendido por uma facada nas costas.

Em interrogatório, José Benedito confessou o crime. A vítima foi levada ao hospital e recebeu alta no mesmo dia.

boné condenado Maceió matar

Veja Também

Comentários