Inovação

Programa Inova Mcz promove Ciência, Tecnologia e Inovação

POR: Secom Maceió
Gerente de Políticas Públicas do Sebrae, Renata Fonseca destaca importância do Inova Mcz
Marco Antônio/ Secom Maceió

Com o objetivo de promover iniciativas com soluções inovadoras de baixo custo, alto impacto e que melhorem a vida dos maceioenses, a Prefeitura de Maceió lançou, nesta quarta-feira (17), o Programa Inova Mcz.  A iniciativa vai fomentar o empreendedorismo por meio de várias ações, entre elas, o Conselho, Plano e Fundo Municipal de Inovação, Ciência e Tecnologia, além de um prêmio. O Programa tem início após aprovação da Lei de Inovação, que instituiu a Política Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação.

O lançamento aconteceu na sede da Prefeitura em Jaraguá. “Neste primeiro momento, apresentamos o Programa para as pessoas que fazem parte da Prefeitura e às que ajudaram o Município na construção desse trabalho, iniciado em agosto do ano passado. A partir daí, construímos a lei e o marco legal que vão dar o pontapé a esse programa”, informou a secretária municipal de Governança, Íria Almeida.

A gestora também destacou o objetivo do Inova Mcz. “O Programa foi criado para inserir a política pública de Ciência, Tecnologia e Inovação na gestão e na vida do cidadão. Estamos implantando a política de inovação e a ideia é trazer a sociedade civil para compartilhar a responsabilidade de termos essa política implementada”, explicou Íria.

Rodrigo Carvalho, assessor em Propriedade Intelectual da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), participou do grupo de trabalho multidisciplinar que elaborou o Projeto de Lei. “A Ufal foi convidada para auxiliar e ajudar na elaboração, principalmente, da Lei de Inovação de acordo com o novo marco legal de inovação. É importante a nossa participação, pois a Lei tem o objetivo de aproximar o meio acadêmico dos entes públicos e o empresariado. Então fazendo esse elo, esses três entes e a sociedade só têm a ganhar, por que só assim a inovação será desenvolvida”, pontuou.

A elaboração do Projeto de Lei também contou com a participação do Sebrae e Federação das Indústrias do Estado do Alagoas (Fiea). Além disso, houve uma consulta pública para a participação dos maceioenses.

Renata Fonseca, gerente de Políticas Públicas do Sebrae, ressalta a importância do programa para a capital. “É uma oportunidade de fomentar o empreendedorismo inovador  e de mudar a realidade do Município. Quem faz inovação é academia, que cria um novo produto, mas para ele chegar ao consumidor tem que ser comercializado e é geralmente por pequenas empresas.  É importante porque a Prefeitura vai disponibilizar melhores serviços aos munícipes e visitantes, e isso vai gerar novos negócios para as empresas inovadoras que estão instaladas em Maceió ou que vierem se instalar”, ressaltou.

A Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação em Alagoas (Assespro/AL) participou do lançamento e parabenizou a iniciativa do Município. “Essa é uma das iniciativas mais importantes que a Prefeitura já fez para o futuro da cidade. Considero a Lei de Inovação uma das leis mais modernas do país. É fundamental estarmos integrados ao desenvolvimento econômico e social baseado no desenvolvimento do empreendedorismo, da inovação e da tecnologia. Maceió está de parabéns, pois temos uma das melhores oportunidades de inovar na capital”, destacou Jean Paul Neumann, presidente da Assespro /AL.

Ciência inovação Maceió prefeitura tecnologia

Veja Também

Comentários