ministério da saúde

Hepatite C ainda assombra a vida dos alagoanos, segundo Ministério da Saúde

No ano passado, 51 pessoas morreram em decorrência da doença

POR: 7Segundos
Números da Hepatite C ainda são considerados altos
Reprodução

Os casos de Hepatite C aumentaram em Alagoas nos últimos anos de acordo com o Boletim Epidemiológico de Hepatites Virais divulgado pelo Ministério da Saúde nesta quinta-feira (22).

De acordo com o Governo Federal, atualmente no país mais de 500 mil pessoas convivem com o vírus C da Hepatite e ainda não sabem, já que se trata de uma doença silenciosa que geralmente não apresenta sintomas até que atinja maior gravidade. 

De 1999 a 2018, os números de casos em Alagoas da doença aumentaram 6%, chegando a 859 casos detectados em dez anos. Ainda no ano passado, 51 pessoas morreram em decorrência da doença.

Em 2018, foram notificados 26.167 casos de hepatite C no Brasil, com taxa de detecção de 13 casos por 100 mil habitantes. A doença é transmitida por sangue contaminado, sexo desprotegido e compartilhamento de objetos cortantes.

O maior número de pessoas com Hepatite C se concentra em pessoas acima dos 40 anos. A hepatite C nem sempre apresenta sintomas. O tratamento da doença é ofertado gratuitamente no SUS e cura mais de 95% dos casos.

Alagoas Dados Hepatite C Ministério da Saúde Números

Veja Também

Comentários