vandalismo

Vandalismo nas eleições da Ufal: material de Tonholo é destruído em Maceió

Materiais de campanha foram depredados na madruga desta sexta (26)

POR: Assessoria
Materiais de campanha do candidato foram depredados no campus A. C. Simões, em Maceió
Assessoria

Na sequência de vídeos e mensagens sem assinatura com acusações de baixo nível e produzidas anonimamente, agora a campanha do candidato a reitor Josealdo Tonholo, nas eleições à reitoria da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), foi alvo e vítima de ataques de vandalismo, no campus A. C. Simões, em Maceió, na madrugada desta sexta-feira (26).

Faixas de lona em apoio à Chapa 1, encabeçadas pelos candidatos Josealdo Tonholo e Eliane Cavalcanti, foram rasgadas e destruídas nas vias principais do maior campi da instituição no estado.Imagens do circuito de câmeras da Ufal devem ser solicitadas para buscar identificar os responsáveis. A coordenação da campanha de Tonholo emitiu nota lamentando o fato.

“A coordenação de campanha da Chapa 1 –Tonholo Reitor e Eliane Vice – lamenta e condena o ato de vandalismo que destruiu criminosamente material de campanha no campus A.C, Simões, na madrugada desta sexta-feira (23). A coordenação informa que tomará as medidas cabíveis e cobrará punição aos responsáveis por mais este ato anti democrático”, diz a o texto.

Além de Josealdo Tonholo, concorrem na disputa à reitoria da Ufal os candidatos Valéria Correia, atual reitora, José Vieira, vice-reitor da gestão de Valéria, e Alexandre Toledo. A eleição ocorrerá nos dias 7 e 8 de agosto.

Galeria de Fotos


campanha Josealdo Tonholo reitoria Tonholo Ufal vandalismo

Veja Também

Comentários